quarta-feira, 18 de julho de 2018

O ‘Xerife’ Wilson Gottardo

pesquisa de Pedro Varanda; colaboração: Claudio Falcão

(Álbum Campeonato Brasileiro 1990)

Nome: Wilson Roberto Gottardo.
Nascimento: 23 de maio de 1963 (Santa Bárbara D’Oeste – SP).

Foi contratado por Cz$2.000.000,00 (moeda da época) ao Guarani F.C. (SP) em março/1987, tendo atuado pelo Alvinegro carioca de 1987 a 1990 e de 1994 a 1996, sendo o 14º jogador que mais jogou pelo Clube da Estrela Solitária. Em fevereiro/1991 havia se transferido para o C.R. Flamengo. Em meados de 1993 transferiu-se para o Marítimo (POR) e em janeiro/1994 estava de volta ao Botafogo, vindo do clube português. Dono do seu passe, depois de sua segunda passagem pelo Glorioso, o zagueiro acertou o seu ingresso no Fluminense F.C. em janeiro/1997.

Estreia pelo Botafogo: 22/03/1987 – 0 x 0 Campo Grande-RJ (Campeonato Carioca), Ítalo Del Cima (Rio de Janeiro). Botafogo – Luiz Carlos, Josimar, Marinho, Wilson Gottardo e Mongol; Derval, Luisinho (De Lima) e Édson Maradoninha; Helinho (Tôni), Fernando Macaé e Berg. Técnico: Jair Pereira.

Despedida: 24/11/1996 – 1 x 4 Portuguesa de Desportos-SP (Campeonato Brasileiro), Couto Pereira (Curitiba). Botafogo – Carlão, França, Wilson Gottardo, Gonçalves e Jefferson; Souza, Otacílio, Clayton (Giuliano) e Zé Carlos (Marcelo Augusto); Mauricinho e Túlio (Wilson Goiano). Técnico: Jair Pereira. Gol: Zé Carlos. Obs.: França, Wilson Gottardo, Souza e Otacílio foram expulsos.

Jogos pelo Botafogo: 354 (trezentos e cinquenta e quatro).
Gols: 13 (treze).

Títulos– 10 (dez):

Campeonato Carioca (Estadual): 1989 e 1990.
Taça Rio: 1989
Campeonato Brasileiro: 1995.
Torneio Municipal (Taça Cidade Maravilhosa): 1996.
Torneios Internacionais: Taça Cidade Palma de Mallorca, na Espanha (1988); Torneio da Amizade em Veracruz, no México (1990); Triangular Eduardo Paes no Rio de Janeiro (1994); President Of Alaniya em Vladikavkaz, na Rússia (1996); Taça Teresa Herrera em La Coruña, na Espanha (1996).

* Foram considerados os campeonatos, taças e torneios em que Wilson Gottardo atuou.

2 comentários:

  1. Caro Cláudio Falcão.

    O Gotardo foi um dos melhores zagueiros do Botafogo.
    Profissional dedicado que sempre honrou as cores alvinegras.
    Pena que devido aos atrasos de pagamentos o FOGÃO tenha perdido este grande capitão!
    Grande abraço.
    Sempre Botafogo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vindo de volta, Sempre Botafogo.
      Sim, pena que ficamos sem o Gottardo em duas oportunidades, em 1991 e em 1997, ele que foi o nosso grande capitão na conquista do Brasileiro de 1995.

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir