quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Botafogo Campeão do Torneio Rio-São Paulo de 1964

pesquisa de Pedro Varanda

Formação da última partida - da esquerda para a direita, em pé:
Mura, Élton, Manga, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; agachados:
Garrincha, Gérson, Arlindo, Jairzinho e Roberto
(imagem: Jornal dos Sports)

Segue a campanha do Botafogo no Torneio Rio-São Paulo de 1964, competição em que o Glorioso e o Santos F.C. dividiram o título de campeão.

Adversário – Resultado – Local:
Bangu – 5 x 0 (Maracanã).
Corinthians – 3 x 1 (Maracanã).
Flamengo – 2 x 1 (Maracanã).
Fluminense – 2 x 0 (Maracanã).
Palmeiras – 4 x 3 (Pacaembu).
Portuguesa de Desportos – 2 x 0 (Maracanã).
Santos – 1 x 3 e 3 x 2 (ambos no Maracanã).
São Paulo – 2 x 0 (Pacaembu).
Vasco – 0 x 1 (Maracanã).

Total de Jogos: 10; Vitórias: 8; Derrotas: 2; Gols Pró: 24; Contra: 11.

Jogaram:
Arlindo dos Santos Cruz, 10 jogos.
Haílton Corrêa de Arruda (Manga), 10.
Jair Ventura Filho (Jairzinho), 10.
Mário Jorge Lobo Zagallo, 10.
José Carlos Gaspar Ferreira (Zé Carlos), 10.
Joel Martins da Fonseca, 9.
Gérson de Oliveira Nunes (‘Canhota de Ouro’), 9.
Oswaldo Sampaio Júnior (Paulistinha), 9.
Élton Fensterseifer, 8.
Manoel dos Santos (Garrincha), 8.
Waldir Cardoso Lebrego (Quarentinha), 7.
Rildo da Costa Menezes, 6.
Nílton dos Santos, 4.
Ayrton Povill dos Santos, 4.
Ubirajara Pereira Lima (Bira), 2.
José Amoroso Filho, 2.
Paulo Eugrécio da Silva (Fifi), 1.
Roberto Lopes de Miranda, 1.
Maurício Pereira Barros (Mura), 1.
Adevaldo Virgílio Netto, 1.
Jaílton Raimundo dos Santos, 1.
Hélio Dias de Oliveira, 1.
Total: 22 jogadores.
Técnicos: Zoulo Rabello / Adalberto Leite Martins (9 jogos) e Ephigênio de Freitas Bahiense, ‘Geninho’ (1 jogo).

Artilheiros:
Jairzinho, 7 gols.
Gérson, 5.
Arlindo, 4.
Garrincha, 3.
Élton, 2.
Roberto, 2.
Quarentinha, 1.
Total: 24 gols.

BOTAFOGO 2 x 0 SÃO PAULO
Data: 22/03/1964
Local: Pacaembu, São Paulo
Renda: Cr$2.672.200,00
Público: ?
Árbitro: Wilson Lopes de Souza
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Jairzinho (2), 8’ (de ‘bicicleta’) e 20’ (ambos no 1° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Ayrton e Élton; Bira, Arlindo (Fifi), Jairzinho (Quarentinha) e Zagallo. Técnico: Adalberto Leite Martins (interino)
São Paulo: Suli, De Sordi, Bellini (Deleu), Jurandir (Riberto) e Ilso; Roberto Dias e Leal (Pagão); Faustino, Norival, Del Vecchio e Bazzaninho. Técnico: Osvaldo Brandão
Obs.: 1) Zoulo Rabello, técnico do Botafogo, estava suspenso; 2) Garrincha, Nílton Santos e Gérson desfalcaram o Glorioso; 3) Estreou Ubirajara Pereira Lima (‘Bira’).
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 2 x 0 PORTUGUESA DE DESPORTOS
Data: 29/03/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$3.804.516,00
Publico: 9.986
Árbitro: Albino Zanferrari
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Jairzinho, 37’ (1° tempo) e Quarentinha, 33’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton e Gérson; Bira, Arlindo (Quarentinha), Jairzinho (Amoroso) e Zagallo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Portuguesa de Desportos: Félix; Cacá, Ditão, Vilela e Edílson; Pampolini e Nair; Neyvaldo (Nílson), Henrique (Stefano), Dida e Ivair. Técnico: Aymoré Moreira
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 2 x 1 FLAMENGO
Data: 11/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$23.823.330,00
Público: 48.420
Árbitro: Guálter Portela Filho
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Gérson, de pênalti, 36’ (1° tempo); Garrincha, 12’ e Aírton, 44’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton e Gérson; Garrincha, Arlindo, Jairzinho e Zagallo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Flamengo: Marcial; Murilo, Luís Carlos Freitas, Joubert e Paulo Henrique; Carlinhos e Nelsinho (Nélson); Espanhol, Aírton, Paulo Alves (Foguete) e Osvaldo ‘Ponte Aérea’ (Fefeu). Técnico: Flávio Costa
Obs.: Foguete foi expulso aos 42’ da fase final, por ter desferido um pontapé sem bola em Gérson.
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 0 x 1 VASCO DA GAMA
Data: 15/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$8.606.148,00
Público: 18.774
Árbitro: Guálter Portela Filho
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gol: Célio, 32’ (1° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton (Ayrton), Gérson (Quarentinha) e Zagallo; Garrincha, Jairzinho e Arlindo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Vasco: Marcelo, Massinha, Brito, Fontana e Pereira; Mílton, Lorico e Odimar (Barbosinha); Sabará, Célio e Zezinho. Técnico: David Ferreira (‘Duque’)
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 2 x 0 FLUMINENSE
Data: 19/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$9.909.032,00
Público: 21.765
Árbitro: Aírton Vieira de Moraes
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Arlindo, 40’ (1° tempo) e Gérson, de penalidade fora da área, 26’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Jaílton; Ayrton e Gérson; Garrincha,
Jairzinho (Quarentinha), Arlindo e Zagallo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Fluminense: Márcio; Carlos Alberto Torres, Procópio, Altair e Nonô; Denílson (Oldair) e Luiz Henrique; Ubiraci, Moraes (Pipico), Joaquinzinho e Escurinho. Técnico: Elba de Pádua Lima (‘Tim’)
Fonte: O Globo 

BOTAFOGO 1 x 3 SANTOS
Data: 25/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$29.031.249,00
Público: 51.570
Árbitro: Eunápio Gouveia de Queiroz
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Coutinho, 43’ (1° tempo); Pelé, 28’, Garrincha (de penalidade fora da área), 37’ e Pepe (também de penalidade fora da área), 41’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Nílton Santos e Rildo; Ayrton e Gérson; Garrincha, Jairzinho, Arlindo (Quarentinha) e Zagallo (Amoroso). Técnico: Adalberto Martins (interino)
Santos: Gilmar; Lima, Modesto, Joel e Geraldino; Zito e Almir; Peixinho, Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
Obs.: O árbitro colocou na súmula para Garrincha o tento do Glorioso Botafogo FR. Outra fonte informou ser de Jairzinho o tento do alvinegro.
Fontes: O Globo e Jornal dos Sports

BOTAFOGO 3 x 1 CORINTHIANS
Data: 28/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$351.607,00
Público: 982 pagantes (o tempo estava chuvoso)
Árbitro: Albino Zanferrari
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Arlindo, 14’ e Manoelzinho, 45’ (1° tempo); Arlindo, 30’ e Gérson, 36’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Nílton Santos e Paulistinha; Élton e Gérson; Garrincha, Jairzinho, Arlindo e Zagallo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Corinthians: Heitor, Ary Ercílio, Eduardo, Cláudio e Oreco; Édson, Ferreirinha e Bazzani (Lima, depois Osmar); Davi, Manoelzinho e Silva Batuta. Técnico: Paulo Amaral
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 4 x 3 PALMEIRAS
Data: 03/05/1964
Local: Pacaembu, São Paulo
Renda: Cr$12.162.100,00
Público: ?        
Árbitro: Wilson Lopes de Souza
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Élton, 7’ e Gildo, 34’ (1° tempo); Servílio, 2’, Arlindo, 28’, Gérson, de pênalti, 34’, Servílio, 42’ e Jairzinho, 45’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Nílton Santos e Paulistinha; Élton e Gérson; Garrincha, Arlindo, Jairzinho e Zagallo (Quarentinha). Técnico: Adalberto Martins (interino)
Palmeiras: Picasso, Ferrari, Djalma Dias, Valdemar e Geraldo; Zequinha e Ademir da Guia; Julinho (Ademar), Servílio, Vavá (Tupãzinho) e Gildo. Técnico: Sylvio Pirillo
Obs.: Sensacional vitória do Glorioso Botafogo.
Fontes: Correio da Manhã, Jornal dos Sports e O Globo

BOTAFOGO 5 x 0 BANGU
Data: 09/05/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$6.975.686,00
Público: 14.982
Árbitro: Guálter Portela Filho
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Gérson, 8’ (1° tempo); Jairzinho (2), 1’ e 29’ (este de cabeça), Élton, 4’ e Garrincha, 37’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Nílton Santos e Paulistinha; Élton e Gérson; Garrincha, Arlindo, Jairzinho e Zagallo (Quarentinha). Técnico: Zoulo Rabello
Bangu: Aldo, Fidélis, Mário Tito, Hélcio e Nílton Santos; Ocimar e Roberto Pinto (Romeu); Paulo Borges, Bianchini, Cabralzinho e Parada (Vermelho). Técnico: Denoni Pereira Alves
Obs.: O árbitro colocou na súmula o quarto gol do Glorioso Botafogo F.R. para Jairzinho. Outra fonte informou que um dos tentos de Jairzinho foi de Arlindo.
Fontes: O Globo e Última Hora

BOTAFOGO 3 x 2 SANTOS
Data: 10/01/1965
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$26.069.400,00
Público: nota → jogo transmitido ao vivo pela TV
Árbitro: Albino Zanferrari
Competição: Torneio Rio-São Paulo (decisão)
Gols: Jairzinho, 20’, Roberto (2), 40’ e 43’ (1° tempo); Coutinho (2), 4’ e 25’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Mura, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton e Gérson; Garrincha (Zagallo), Jairzinho (Adevaldo), Arlindo e Roberto (Hélio Dias). Técnico: Geninho
Santos: Gilmar, Ismael, Modesto, Haroldo (Lima) e Geraldino; Zito e Mengálvio; Peixinho (Toninho Guerreiro), Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
Obs.: 1) Paulistinha, Manga e Pelé foram expulsos no 2° tempo; 2) Enquanto Hélio Dias de Oliveira não entrava, Roberto foi para a meta; 3) Não houve o segundo jogo por falta de datas, ambos foram excursionar e declarados campeões; 4) Botafogo, bicampeão do Torneio Rio-São Paulo (1962-1964).
Fontes: Correio da Manhã e Jornal dos Sports

terça-feira, 28 de novembro de 2017

O Antigo Jogador Mário Sérgio

dados estatísticos e súmulas: pesquisa de Pedro Varanda; colaboração: Claudio Falcão


O antigo jogador e treinador de futebol Mário Sérgio faleceu no acidente aéreo com o jato da empresa LaMia, ocorrido há um ano, e que vitimou a delegação da Associação Chapecoense de Futebol. Na época ele atuava como comentarista da rede de TV Fox Sports.

Nome: Mário Sérgio Pontes de Paiva
Nascimento: Rio de Janeiro (RJ), 07/09/1950.
Falecimento: La Unión (COL), 28/11/2016.

Segue um resumo da passagem de Mário Sérgio pelo Alvinegro carioca:

- Atuou pelo Botafogo de 1976 (vindo do Fluminense F.C.) a 1978 (negociado em março/1979 com o Rosário Central – ARG).
- Jogos pelo Botafogo – 90 + 4 (pelo Torneio Início de 1977) e
Gols – 9 + 0 (pelo Torneio Início de 1977) gols pelo BFR.
- Campeão da Taça José Wânder Rodrigues Mendes (1976) e do Torneio Início do Rio de Janeiro (1977).

Estreia:

BOTAFOGO 1 x 0 CALDENSE (MG)
Data – 18/01/1976
Local – Ronaldo Junqueira (Poços de Caldas)
Competição – Amistoso
Botafogo – Wendell (Ubirajara Alcântara), Miranda, Chiquinho Pastor, Nílson Andrade e Marinho Chagas; Carlos Roberto (Artur), Ademir Vicente (Carbone) e Mário Sérgio (Nivaldo); Jorge Luís, Fischer e Manfrini (Antônio Carlos). Técnico: Telê Santana. Gol: Antônio Carlos. 
Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e BFR

Despedida:

BOTAFOGO 2 x 0 VOLTA REDONDA (RJ)
Data – 10/12/1978
Local – Raulino de Oliveira (Volta Redonda)
Competição – Amistoso
Botafogo – Zé Carlos (Borrachinha), Beto (Humberto), Osmar, Renê e Rodrigues Neto; Ademir Vicente, Mendonça e Paulo Cézar; Gil (Cremílson), Luizinho Lemos e Mário Sérgio. Técnico: Danilo Alves. Gols: Renê e Mendonça.
Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e BFR

domingo, 26 de novembro de 2017

Botafogo Campeão da Etapa Sul/Sudeste/Centro-Oeste da Copa do Brasil de Beach Soccer Masculino 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: https://www.facebook.com/BotafogoBeachSoccer/)

Na Praia do Leme (Rio de Janeiro), ao derrotar na tarde deste domingo o C.R. Vasco da Gama por 3 a 1, a equipe do Botafogo sagrou-se campeã invicta da Copa do Brasil de Beach Soccer Masculino – Etapa Sul/Sudeste/Centro-Oeste.

Para a etapa final da Copa do Brasil classificaram-se, além do Botafogo, o C.R. Vasco da Gama (2º colocado) e o C.R. Flamengo (3º lugar), juntando-se a E.C. Vitória (BA), América F.C. (RN) e Murici F.C. (AL).

(Imagem: https://www.facebook.com/BotafogoBeachSoccer/)

Campanha do Alvinegro carioca:

Primeira Fase
22/11 – Botafogo 9 x 0 Rio Branco S.C. (PR)
Gols: Paulinho (2), Bernardo (2), Ígor (2), Bryan, Rodrigo e Paulo Gil.

23/11 – Botafogo 7 x 1 Grêmio F.B.P.A. (RS)
Gols do Botafogo: Rodrigo (2), Ígor (2), Bryan, Paulinho e Alloan (contra).

24/11 – Botafogo 2 x 1 C.R. Flamengo (RJ)
Gols do Botafogo: Rodrigo (2).

Semifinal
25/11 – Botafogo 8 x 3 S.E. Gama (DF)
Gols do Botafogo: Vini (2), Ígor Rangel (2), Rodrigo (2), Paulinho e Bê Botelho.

Final
26/11 – Botafogo 3 x 1 C.R. Vasco da Gama (RJ)
Gols do Botafogo: Paulinho, Bryan e Gabriel.

Técnico: Luiz Escobar.

Caricatura 49 – Zagueiro Sarno

pesquisa de Claudio Falcão

Francisco José Sarno Matarazzo, o antigo zagueiro Sarno, jogou nos profissionais do Botafogo de 1945 a 1949.

Pelo Glorioso, foi campeão do Torneio Início de 1947 e campeão carioca de 1948, competição esta em que atuou por três partidas.

Segue um trabalho retratando o referido ex-jogador.

Caricaturista: Dauro Brício – 1947
(fonte: Esporte Ilustrado)

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1955

pesquisa de Claudio Falcão

Temos adiante a equipe do Botafogo que enfrentou no Maracanã o América F.C, pelo Torneio Rio-São Paulo, a 13/04/1955.

Da esquerda para a direita, em pé: Orlando Maia, Gérson,
Nílton Santos, Danilo, Ruarinho e Lugano; agachados:
Garrincha, Quarentinha, Vinícius, Dino e Hélio
(imagem: Esporte Ilustrado)

Segue a imagem da formação do Glorioso que empatou em 2 a 2 com o Real Madrid, em Madrid, a 15/05/1955, marcando Dino duas vezes para o Alvinegro carioca.

Da esquerda para a direita, em pé: Lugano, Gérson, Nílton Santos,
Orlando Maia, Danilo e Ruarinho; agachados: Garrincha,
Quarentinha, Vinícius, Dino e Hélio
(imagem: Esporte Ilustrado)

Agora a equipe do Botafogo que disputou a 31/07/1955 o Torneio Início, no Maracanã, representada predominantemente por jogadores reservas.

Da esquerda para a direita, em pé: Carlos Alberto, Brandãozinho,
Domício, Camuti, Abigail e Lugano; agachados: Ari,
João Carlos, Max, Basílio e Dodô
(imagem: Esporte Ilustrado)

Já pelo Campeonato Carioca, temos adiante a formação do Botafogo que a 21/08/1955 derrotou por 1 a 0 o Olaria A.C., na Rua Bariri, gol de Gato.

Da esquerda para a direita, em pé: Orlando Maia, Gérson,
Rubens, Gílson, Bob e Juvenal; agachados: Garrincha,
Paulinho Omena, Gato, João Carlos e Quarentinha
(imagem: Esporte Ilustrado)

E agora a equipe botafoguense que a 01/10/1955 abateu por 4 a 3 o Bangu A.C, no Maracanã, marcando João Carlos (2), Casnok e Paulinho Omena para o Alvinegro.

Da esquerda para a direita, em pé: Edgard, Gérson, Nílton Santos,
Orlando Maia, Bob e Pampolini; agachados: Garrincha,
Gato, Casnok, Paulinho Omena e João Carlos
(imagem: Esporte Ilustrado)

E adiante, uma formação do Glorioso que não conseguimos identificar em que partida esteve em ação.

Da esquerda para a direita, em pé: Gérson, Edgard, Nílton Santos,
Orlando Maia, Pampolini e Danilo; agachados: Garrincha,
João Carlos, Mário, Paulinho Omena e Rodrigues
(imagem: Anuário do Esporte Ilustrado)

domingo, 19 de novembro de 2017

Caricatura 48 – Paulinho Tovar

pesquisa de Claudio Falcão

O capixaba Luiz Paulo Neves Tovar, o Paulinho Tovar, ou simplesmente Tovar, foi um formidável atacante que atuou na equipe profissional do Botafogo de 1943 a 1946, muito embora nunca tenha deixado de ser um atleta amador.

Formou uma excelente dupla de ataque no Alvinegro carioca com o lendário Heleno de Freitas.

Tovar, exemplo do mais puro espírito amadorista, conquistou pelo Glorioso o tricampeonato carioca de Primeiros Quadros Amadores, em 1942-1943-1944.


Caricaturista: Lauro Nery – 1947
(fonte: O Globo Sportivo)

sábado, 18 de novembro de 2017

Botafogo Campeão do Torneio Octavio Pinto Guimarães Sub-20 2017

pesquisa de Claudio Falcão

Goleiro Saulo recebendo o troféu de campeão do Torneio OPG 2017
(foto: Agência FERJ)

Jogando na tarde deste sábado no Estádio Olímpico Nílton Santos (Engenhão), o Botafogo derrotou a A.A. Portuguesa por 2 a 1, nas penalidades máximas, após novo empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, conquistando pela sexta vez o título de campeão do Torneio Octavio Pinto Guimarães Sub-20 (Juniores).

Títulos do Botafogo no Torneio OPG: 1971, 1983, 1997, 2013, 2015 e 2017.

Campanha do Alvinegro:

Primeira Fase – Grupo A

07/10 – CEFAT (Niterói) – Botafogo 3 x 0 América F.C.
Gols: Kanu, aos 45’ (1º tempo); Ezequiel, aos 15’ e Mateus Bastos, aos 23’ (2º tempo)

11/10 – CT Nova Iguaçu – Nova Iguaçu F.C. 1 x 2 Botafogo
Gols do Botafogo: Mateus Jorge, aos 12’ e Rickson, aos 40’ (1º tempo)

14/10 – CEFAT (Niterói) – Botafogo 1 x 1 A.A. Portuguesa
Gol do Botafogo: Rickson, aos 25’ (2º tempo)

Segunda Fase – Grupo E

Turno:

20/10 – Estádio Arthur Sendas (São João de Meriti) – Audax Rio E.C. 1 x 1 Botafogo
Gol do Botafogo: Jordan, aos 35’ (1º tempo)

25/10 – CEFAT (Niterói) – Botafogo 2 x 2 Fluminense F.C.
Gols do Botafogo: Ezequiel, aos 41’ (1º tempo) e Luca, aos 13’ (2º tempo)

28/10 – Gávea – C.R. Flamengo 2 x 1 Botafogo
Gol do Botafogo: Rickson, aos 25’ (1º tempo)

Returno:

01/11 – CEFAT (Niterói) – Botafogo 6 x 0 Audax Rio E.C.
Gols: Marcão, aos 28’ e Pedro, aos 39’ (1º tempo); Marcão, aos 14’, Lucas Campos, aos 25’, Lucas Barros, aos 31’ e Jordan, aos 40’ (2º tempo)

04/11 – Laranjeiras – Fluminense F.C. 0 x 1 Botafogo
Gol: Luan, aos 47’ (2º tempo)

08/11 – Nílton Santos (Engenhão) – Botafogo 3 x 2 C.R. Flamengo
Gols do Botafogo: Ezequiel, aos 4’ e Pachu, aos 32’ (1º tempo) e Fernando, aos 49’ (2º tempo)

Finais

11/11 – Luso-Brasileiro – A.A. Portuguesa 1 x 1 Botafogo
Gol do Botafogo: Pachu (de pênalti), aos 16’ (2º tempo)
Botafogo: Saulo, Fernando, Kanu, Helerson e Victor Lindenberg; Bochecha (Luan), Wenderson e Rickson; Lucas Campos (Mateus Jorge), Ezequiel e Pachu (Jordan).

(Foto: https://twitter.com/BotafogoOficial)

18/11 – Nílton Santos (Engenhão) – Botafogo 1 x 1 A.A. Portuguesa (nos pênaltis: Botafogo 2 a 1)
Gol do Botafogo: Ezequiel, aos 16’ (2º tempo)
Nota: nas cobranças de pênaltis, marcaram Victor Lindenberg e Wenderson, perdendo Bochecha e Amílcar. O goleiro Saulo defendeu duas penalidades, sendo outras duas desperdiçadas pelo adversário.
Botafogo: Saulo, Fernando, Kanu, Helerson e Victor Lindenberg; Bochecha, Wenderson e Rickson (Jordan); Lucas Campos (Amílcar), Ezequiel e Pachu (Luan).

Técnico campeão: Eduardo Barroca.