quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Botafogo Campeão Carioca de Atletismo Masculino de 1948

pesquisa de Claudio Falcão


Após o título carioca de 1933, ainda na época do Botafogo F.C., o Alvinegro voltaria a conquistar o título máximo do atletismo do Rio de Janeiro em 1948, ano em que iniciaria a série que culminou com um tetracampeonato (1948-49-50-51).

A disputa de 1948 ocorreu em três etapas, seguindo-se a informação das provas, com as colocações obtidas pelos atletas do Glorioso.

1ª parte (17/10 – estádio do Fluminense F.C.):

Arremesso de peso:
1º lugar – Nadim Severo Marreis, com 13,47m
5º lugar – Miguel B. da Silva, com 12,06m

Salto em altura:
1º lugar – Adílton A. Luz, cm 1,85m
3º lugar – Amarílio P. L. Pereira, com 1,80m
5º lugar – José I. Marques

110m com barreiras:
5º lugar – Raymundo Rodrigues

100m rasos:
1º lugar – Ivan Zanoni Hausen, com 10”9/10
2º lugar – Hélio Coutinho da Silva
3º lugar – Edgard Augusto dos Santos, com 11”1/10

1.500m rasos:
6º lugar – Angelino Oliveira

400m rasos:
1º lugar – Rosalvo da Costa Ramos, com 49”2/10
4º lugar – Aldo Leão de Souza
5º lugar – David Geremberg

Salto em distância:
1º lugar – Hélio Coutinho da Silva, com 6,79m

5.000m:
1º lugar – Geraldo Caetano Felipe, com 16’27”9/10

Arremesso de dardo:
2º lugar – Miguel B. da Silva, com 52,66m

Revezamento 4x100m:
1º lugar – BFR (Alexandre Pereira Neto, Edgard Santos, Hélio Coutinho da Silva e Ivan Zanoni Hausen), com 42”4/10

2ª parte (24/10 – estádio do C.R. Vasco da Gama):

3.000m:
6º lugar – Elias Bogosian

800m rasos:
1º lugar – Rosalvo da Costa Ramos, com 1’58”1
3º lugar – Jarvel Benck, com 2’03”1
4º lugar – David Geremberg

Salto triplo:
1º lugar – Hélio Silva, com 14,05m
2º lugar – Renato E. Nascimento, com 13,67m
4º lugar – Amarílio Pereira, com 13,41m

Arremesso de martelo:
4º lugar – Nadim Severo Marreis, com 37,04m
6º lugar – Moysés de Figueiredo

200m rasos:
1º lugar – Alexandre Pereira Neto, com 21”3
3º lugar – Edgard Augusto Santos, com 22”1

Arremesso de disco:
1º lugar – Nadim Severo Marreis, com 43,33m
5º lugar – Ivair M. Reis, com 36,32m

Revezamento 4x400m:
1º lugar – BFR (Ivan Zanoni Hausen, Aldo, Edgard Santos e Rosalvo da Costa Ramos), com 3’23”0

Salto com vara:
1º lugar – Raymundo Rodrigues, com 3,60m

3ª parte (30 e 31/10 – estádio do C.R. Vasco da Gama):

Decatlo:
1º lugar – Raymundo Dias Rodrigues, com 5.571 pontos
2º lugar – Jarvel Benck, com 5.013 pontos
3º lugar – Edgard Santos, com 4.842 pontos

Contagem final:
1º lugar (campeão) – Botafogo F.R., com 254,5 pontos
2º lugar (vice) – C.R. Vasco da Gama, com 224,5 pontos
3 º lugar – Fluminense F.C., com 111 pontos
4º lugar – C.R. Flamengo, com 12 pontos

Treinador campeão: Ernani Costa.

Notas: 1) O campeonato feminino foi conquistado pelo Fluminense F.C., ficando com o vice-campeonato o Botafogo F.R. e com o 3º lugar o C.R. Vasco da Gama; 2) Os seguintes atletas representaram o Botafogo nos Jogos Olímpicos de Londres (1948): Alexandre Pereira Neto, Hélio Coutinho da Silva, Ivan Zanoni Hausen e Rosalvo da Costa Ramos.

[Fontes: Revista Botafogo nº 75, de dezembro/1948 e Jornal do Brasil, de 19/10, 26/10 e 02/11/1948.]

9 comentários:

  1. Olá Claudio,

    Em primeiro lugar parabéns pelo blog, pois é sempre relevante resgatar a memória de nossos clubes, atletas, equipes, e modalidades, que como sabemos ficam perdidas no tempo e esquecidos na nossa memória esportiva.

    Existe uma nova geração de atletas, jornalistas esportivos, dirigentes de instituições esportivas, órgãos esportivos públicos, etc., que nem sequer sabem quem foram nossos grandes atletas do passado, o que fizeram, como treinavam, que clubes defendiam, e o mais importante que eram totalmente amadores, pois não recebiam qualquer tostão para defender seus clubes e inclusive a seleção brasileira em competições internacionais.

    Gostaria de saber de vc, se vc possui o contato do atleta botafoguense Hélio Coutinho da Silva, que representou o `Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres em 1948, na modalidade de atletismo na prova do salto triplo, juntamente com Adhemar Ferreira e Geraldo de Oliveira?

    Gostaria de realizar uma entrevista com ele juntamente como o Geraldo de Oliveira, para um filme documentário que estamos fazendo em homenagem ao bi-campeão Adhemar Ferreira da Silva.
    Já entrei em contato com a FAERJ, porém até agora sem sucesso.
    Fico aguardando um possível contato.

    Atenciosamente,

    Prof. Luiz Ferreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite! Sou neto do Helio Coutinho da silva. Entre em contato comigo através do e-mail victor.coutinho@ymail.com ou do WhatsApp (22) 99930-3516.

      Excluir
    2. Boa noite, sou neto do Helio Coutinho da Silva. Entre em contato comigo pelo e-mail victor.88.coutinho@gmail.com ou pelo WhatsApp (22) 99930-3516.

      Excluir
    3. Meu era Vascaíno "roxo", mas por acaso do destino acabou ficando no Botafogo, que era uma das equipes de atletismo mais forte da época no RJ

      Excluir
    4. Boa tarde, Victor.
      Entrarei em contato pelo seu endereço eletrônico.

      Saudações esportivas!

      Excluir
    5. Obrigado pelo depoimento, Victor.

      Saudações esportivas!

      Excluir
  2. Olá, Prof. Luiz.

    Infelizmente não tenho o contato de Hélio Coutinho da Silva. Sei que ele em 1951 ficou a apenas 2cm do recorde mundial do salto triplo de 15,01m, de Adhemar Ferreira da Silva (ver postagem sobre o tetracampeonato carioca do BFR, em 1951).

    Todavia localizei algumas outras referências sobre Hélio: nascido a 02/12/1923; altura = 185cm; também competiu nos 100m rasos e no revezamento 4x100m, em Londres (1948).

    E grato pelas palavras elogiosas ao blog.

    Saudações esportivas!

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Bom saber disso, Célia.
      Você poderia retornar aos comentários, informando o nome desse parente?

      Saudações esportivas!

      Excluir