domingo, 3 de outubro de 2010

Mendonça, o Clássico Meia-Armador

texto de Claudio Falcão; dados estatísticos e súmulas: Pedro Varanda

Mílton da Cunha Mendonça, o nosso conhecido jogador Mendonça, foi um dos mais clássicos jogadores de meio-campo que vestiu a camisa botafoguense. Nascido no Rio de Janeiro a 23 de maio de 1956, é filho do ex-zagueiro do Bangu A.C., também conhecido como Mendonça, vice-campeão carioca de 1951.


Iniciou sua carreira no Bangu A.C., nos dentes-de-leite, aos doze anos de idade, transferindo-se em seguida para o Botafogo, pelo qual sagrou-se campeão do Torneio Mundial de 'Cadets' em Croix (França), em 1973, numa equipe que ainda contava com Zé Carlos (goleiro), Luizinho Rangel (meio-campo) e Tiquinho (ponteiro-esquerdo), todos eles jogadores que chegaram a ser titulares da equipe de profissionais do Glorioso.

Mendonça integrou o elenco principal do Botafogo de 1975 a 1982, tendo atuado em 336 jogos e assinalado 116 gols. Participou da final do Torneio Início do Rio de Janeiro, de 1977, vencido pelo Glorioso, o qual podemos considerar como o único título oficial conquistado por ele entre os profissionais alvinegros.

Em seguida foi atuar na A. Portuguesa de Desportos (SP), transferindo-se no início de 1985 para a S.E. Palmeiras (SP). Posteriormente defendeu o Santos F.C. (SP), Al Saad (Catar), Internacional de Limeira (SP), retornando em 1990 ao Bangu A.C., para encerrar sua carreira no futebol profissional.

Em 2008 foi alvo de duas significativas homenagens, tendo a SUDERJ 'imortalizado' seus pés na Calçada da Fama do Maracanã em 24 de fevereiro, e o Botafogo F.R. lançado, em 12 de agosto, camisa retrô da época em que Mendonça defendeu nossas cores.

Algumas súmulas de grande interesse:

Estreia de Mendonça no time principal:
BOTAFOGO 2 x 3 CORINTHIANS (SP)
Data: 13/11/1975
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Competição: Campeonato Brasileiro
Gols: Claudiomiro (2)
Botafogo: Ubirajara Alcântara, Miranda, Cedenir, Artur e Waltencir; Carlos Roberto, Ademir Vicente (Mendonça) e Dirceu; Dílson, Fischer e Nílson Dias (Claudiomiro)
Obs.: Waltencir foi expulso.

BOTAFOGO 2 x 1 VASCO DA GAMA
Data: 13/03/1977
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Árbitro: Roberto Costa
Competição: Torneio Início (decisão)
Gols: Fumanchu, para o Vasco da Gama; Ricardo (2), para o Botafogo
Botafogo: Ubirajara Alcântara, China, Odélio, Renê e Rodrigues Neto; Carbone (Mendonça), Ademir Vicente e Manfrini; Cremílson, Ricardo e Mário Sérgio (Tiquinho)
Vasco da Gama: Mazaropi, Orlando, Abel, Geraldo e Fernando; Zé Mário, Helinho e Dirceu; Fumanchu, Ramon (Alcides) e Wilson
Obs.: 1) Vitória obtida na prorrogação; 2) Botafogo, campeão do Torneio Início, recebeu o Troféu Carlito Rocha.
Fontes: Jornal dos Sports e O Globo

Os campeões:
1. Ubirajara da Silva Alcântara
4. China - Valdomiro de Almeida
2. Odélio de Souza
3. Renê Carlos da Silva
6. José Rodrigues Neto
5. José Luiz Carbone
8. Luiz (Luizinho) Ronaldo Nunes Rangel
10. Manfrini - Antônio Monfrini Neto
7. Ademir Vicente
9. João Paulo - Antônio Carlos Machado de Santana
11. Mário Sérgio Pontes de Paiva
Mílton da Cunha Mendonça
Cremílson da Penha
Ricardo Neto da Silva
Tiquinho - Onofre Aluízio Batista

BOTAFOGO 2 x 1 PALMEIRAS
Data: 16/07/1978
Local: Pacaembu, São Paulo
Público: 64.572
Árbitro: Carlos Sérgio Rosa Martins
Competição: Campeonato Brasileiro
Gols: Jorge Mendonça, aos 2' (1º tempo); Dé, aos 2' e João Paulo, aos 42' (2º tempo)
Botafogo: Zé Carlos, Beto, Osmar, Renê e Rodrigues Neto; Mendonça, Manfrini e Clóvis; Cremílson, João Paulo e Dé. Técnico: Zagallo
Palmeiras: Leão, Rosemiro, Beto Fuscão, Alfredo Mostarda e Vacaria (Pedrinho); Pires, Toninho Vanusa e Jorge Mendonça; Sílvio (Escurinho), Toninho e Nei. Técnico: Jorge Vieira
Obs.: Botafogo, recordista brasileiro de jogos invictos, com 52 partidas.
Fontes: Jornal do Brasil e Jornal dos Sports

BOTAFOGO 1 x 0 FLAMENGO
Data: 03/06/1979
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Público: 139.098
Árbitro: José Roberto Wright
Competição: Campeonato Estadual
Gol: Renato Sá, aos 9' (1º tempo)
Botafogo: Borrachinha, Perivaldo, Nílson Andrade, Renê e China; Ruço (Romero), Mendonça e Renato Sá; Gil, Marcelo e Ziza (Chiquinho). Técnico: Joel Martins da Fonseca
Flamengo: Cantarelli, Toninho, Manguito, Rondinelli e Júnior; Carpegiani, Adílio (Luizinho) e Zico; Reinaldo, Cláudio Adão e Júlio César (Carlos Henrique). Técnico: Cláudio Coutinho
Obs.: 1) Perivaldo foi expulso; 2) O Botafogo acabou com a invencibilidade de 52 jogos do C.R. Flamengo.
Fontes: Jornal do Brasil e Jornal dos Sports

BOTAFOGO 3 x 1 FLAMENGO
Data: 19/04/1981
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Público: 135.487
Árbitro: José Roberto Wright
Competição: Campeonato Brasileiro
Gols: Zico, aos 4' e Mendonça, aos 44' (1º tempo); Jérson, aos 40' e Mendonça, aos 43' (2º tempo)
Botafogo: Paulo Sérgio, Perivaldo, Gaúcho, Zé Eduardo e Gaúcho Lima; Rocha, Ademir Lobo e Mendonça; Ziza (Édson), Marcelo (Mirandinha) e Jérson. Técnico: Paulinho de Almeida
Flamengo: Raul, Carlos Alberto, Luís Pereira, Marinho e Júnior; Vítor, Andrade (Carpegiani) e Zico; Tita, Peu (Anselmo) e Adílio. Técnico: Dino Sani
Obs.: Vitória sensacional! O segundo gol de Mendonça (terceiro do Botafogo) foi talvez o mais bonito, bem como o mais famoso, da carreira do craque: o chamado gol "baila comigo", após drible desconcertante sobre o lateral Júnior.
Fonte: Jornal do Brasil

Última partida de Mendonça no Botafogo:
BOTAFOGO 6 x 0 SELEÇÃO IGUAÇUENSE (PR)
Data: 12/12/1982
Local: Foz do Iguaçu (PR)
Competição: Amistoso
Gols: Té (3), Mirandinha (2) e Perivaldo
Botafogo: Paulo Sérgio (Luiz Carlos), Perivaldo, Abel (Eraldo), Gaúcho e Wagner Pepeta; Oswaldo (Josimar), Mendonça e Té; Geraldo (Chicão), Mirandinha e César
Fonte: Botafogo F.R. (Édson Bentes)

[Fontes para o texto: http://www.suderj.rj.gov.br/ ('Alvinegro Mendonça na Calçada da Fama do Maracanã' - 21/02/2008); http://www.bangu.net/ ('Mendonça, ex-jogador do Bangu', artigo do pesquisador Carlos Molinari - 10/03/2008) e http://portoroberto.blog.uol.com.br/ ('Viva Mendonça!', artigo do jornalista Roberto Porto - 14/08/2008).]

4 comentários:

  1. hoje sou Botafoguense por causa deste cara. Jogava
    muito. Carlos

    ResponderExcluir
  2. De fato, Carlos, jogava muita bola.
    É, juntamente com o Didi, o 14º maior artilheiro da História Gloriosa do Botafogo.

    Saudações Botafoguenses Campeãs!

    ResponderExcluir
  3. Mendonça foi o maior jogador do Botafogo a partir da segunda metade da década de setenta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luciano.
      O melhor de tudo é que, sempre que entrevistado, o Mendonça não deixa de proclamar que é botafoguense.
      Lamentamos apenas que ele não tenha conquistado pelo menos um título de campeão estadual pelo nosso clube.

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir