sexta-feira, 23 de abril de 2010

Botafogo Campeão Carioca de Polo Aquático de 1963

pesquisa de Claudio Falcão

Contando com o fabuloso atleta húngaro Aladar Szabo, que fez história no polo aquático brasileiro, o qual foi campeão pan-americano pela seleção nacional em São Paulo (1963) e que participou pelo Brasil dos Jogos Olímpicos de Tóquio (1964), o Botafogo reconquistava em 1963 o título de campeão carioca de polo aquático da 1ª divisão após quatorze anos.

O campeonato daquele ano resumiu-se a uma disputa entre o Glorioso e o Fluminense F.C., quando ganhamos o jogo do turno e perdemos o do returno, para finalmente triunfarmos na melhor de três.

Campanha:
Turno:
01/06 - Botafogo 7x4 Fluminense
Local: Mourisco
Gols do Botafogo: Szabo (5), Ney e Monassa.

Returno:
09/06 - Botafogo 4x5 Fluminense F.C.
Local: Álvaro Chaves
Gols do Botafogo: Szabo (4).

Melhor de três:
15/06 - Botafogo 7x4 Fluminense
Local: C.R. Guanabara
Gols do Botafogo: Szabo (4) e Ney (3).

22/06 - Botafogo 3x4 Fluminense
Local: C.R. Guanabara
Gols do Botafogo: Euclides, Szabo e Ney.

23/06 - Botafogo 6x5 Fluminense
Local: C.R. Guanabara
Gols do Botafogo: Szabo (4), Ney e Édson.

Resumo: J - 5, V - 3, D - 2, GP - 27, GC - 22, S - 5.


Jogaram e marcaram: Aladar Szabo (5 J e 18 G), Ney Borges Nogueira (5 J e 6 G), Édson Torres Lopes (5 J e 1 G), Euclides da Cunha Pinto (5 J e 1 G), Luiz Carlos R. Parreiras (5 J), Luiz Henrique Monassa Bassil (4 J e 1 G), Marco Antônio de Viçoso Jardim (goleiro, 3 J), Carlos Alberto Teixeira, 'Balé' (goleiro, 2 J) e Flávio Caetano Grottera (2 J).
Técnico: Édson Perri.

[Fonte: Revista Botafogo, nº 201, de agosto/1963.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário