quarta-feira, 26 de julho de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1941

pesquisa de Claudio Falcão

Iniciamos com a imagem do elenco botafoguense que participou de uma excursão à América do Norte nos primeiros meses do ano.

(Reprodução fotográfica)

Temos agora a equipe que participou do Torneio Início, realizado em General Severiano a 27/04/1941: Aymoré, Graham Bell e Araraquara; Laxixa, Sabino e Zarcy; Paschoal, Geraldino, Carvalho Leite, Sardinha e César.

(Imagem: O Globo Sportivo)

Segue a formação do Botafogo que enfrentou o C.R. Vasco da Gama, em São Januário, a 08/06/1941: Brandão, Caieira e Borges; Zezé Procópio, Zezé Moreira e Zarcy; Patesko, Geraldino, Heleno, Geninho e Pirica.

(Imagem: Esporte Ilustrado)

Pelo segundo turno do campeonato carioca, temos a equipe do Botafogo que empatou a 10/08/1941 com o C.R. Vasco da Gama em 1 a 1, em General Severiano, marcando Heleno de Freitas o nosso gol: Aymoré, Caieira e Graham Bell; Zezé Procópio, Santamaria e Zarcy; Patesko, Heleno, Paschoal, Geninho e Pirica.

(Imagem: Gazeta de Notícias)

Também em 1 a 1 o Botafogo empatou com o C.R. Flamengo em General Severiano, a 24/08/1941, gol de Paschoal, formando assim: Aymoré, Caieira e Graham Bell; Zezé Procópio, Santamaria e Zarcy; Paschoal, Geraldino, Heleno, Geninho e Patesko.

Da esquerda para a direita, em pé: Santamaria, Caieira,
Zezé Procópio, Graham Bell, Aymoré e Zarcy; agachados:
Paschoal, Geraldino, Heleno, Geninho e Patesko
(imagem: Esporte Ilustrado)

domingo, 23 de julho de 2017

Remador Botafoguense é Campeão Mundial

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Na manhã deste domingo, em Plovdiv (Bulgária), o remador botafoguense Uncas Tales Batista conquistou a medalha de ouro na prova de single skiff peso leve, no Campeonato Mundial de Remo Sub-23, com o tempo de 6’59”46, para um percurso de 2.000 metros.

Em 21 de julho, nas quartas de final, o atleta já quebrara o recorde da prova, com 6’46”34, cuja marca anterior era de 2011.

Uncas Tales Batista tornou-se o primeiro remador masculino brasileiro a conquistar um título mundial.

E o seu técnico é o também botafoguense Paulo Vinícius Alves de Souza, o Paulinho.

Os parabéns do DataFogo a Uncas e ao seu treinador!

[Fontes: site oficial do Botafogo F.R. e http://www.remobrasil.com.]

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1940

pesquisa de Claudio Falcão

Temos a equipe do Botafogo que participou do Torneio Início, realizado a 14/04/1940 no estádio do Fluminense F.C.: Aymoré, Graham Bell e Araraquara; Zarcy, Pacheco e Canalli; Álvaro, Carvalho Leite, Paschoal, Nélson e Patesko.

(Imagem: Sport Illustrado)

A seguir, a formação do Glorioso que a 09/06/1940, em São Januário, empatou em 3 a 3 com o Fluminense F.C., tendo Tadique, Canalli e Heleno marcado os nossos gols: Aymoré, Graham Bell e Araraquara; Zezé Procópio, Zezé Moreira (Martim) e Canalli; Tadique, Heleno, Paschoal, Perácio e Patesko.

(Imagem: Sport Illustrado)

Concluímos com a equipe alvinegra que enfrentou em 01/09/1940 o C.R. Flamengo, no campo deste: Aymoré, Graham Bell e Nariz (Ivan); Zezé Procópio, Zezé Moreira e Zarcy; Tadique, Carvalho Leite, Paschoal, Nélson (Heleno) e Patesko.

Da esquerda para a direita, em pé: Carvalho Leite, Zezé Moreira,
Graham Bell, Zezé Procópio, Nariz e Zarcy; agachados:
Tadique, Aymoré, Paschoal, Nélson e Patesko
(imagem: O Globo Sportivo)

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1939

pesquisa de Claudio Falcão

Iniciamos com a formação do Botafogo que participou do Torneio Início, realizado em General Severiano a 26/03/1939: Aymoré, Bibi e Nariz; Zezé Moreira, Martim e Canalli; Álvaro, Carvalho Leite, Paschoal, Nélson e Patesko.

(Imagem: O Globo Sportivo)

Agora temos a equipe botafoguense que derrotou por 5 a 3 o São Cristóvão a 09/04/1939, ainda em General Severiano, tendo marcado Carvalho Leite (2), Paschoal, Perácio e Álvaro para o Glorioso: Aymoré, Bibi e Nariz; Zezé Moreira (Zarcy), Martim e Canalli; Álvaro, Carvalho Leite, Paschoal, Perácio e Patesko.

(Imagem: O Globo Sportivo)

A seguir, a 16/04/1939, enfrentamos o C.R. Flamengo, no campo deste, jogando assim: Aymoré, Bibi e Nariz; Zezé Moreira, Martim (Zarcy) e Canalli; Álvaro, Carvalho Leite, Paschoal, Perácio e Patesko.

(Imagem: O Globo Sportivo)

Temos adiante a formação do Alvinegro que, jogando em casa a 21/05/1939, derrotou o Fluminense F.C. por 4 a 1, sendo os nossos gols marcados por Paschoal, Patesko, Álvaro e Carvalho Leite: Aymoré, Bibi e Nariz; Zezé Moreira, Engel e Canalli; Álvaro, Carvalho Leite, Paschoal, Perácio e Patesko.

(Imagem: O Globo Sportivo)

E concluímos com uma formação do Botafogo, a qual não consegui identificar em que partida interveio, embora reconhecendo que foi em General Severiano.

Da esquerda para a direita, em pé: Canalli, Perácio, Carvalho Leite,
Zezé Procópio, Zezé Moreira, Graham Bell e Nariz;
agachados: Álvaro, Paschoal, Patesko e Aymoré
(imagem: revista 'O Cruzeiro')

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Pela Libertadores o Botafogo derrotou o Nacional em Montevidéu

por Claudio Falcão


Na noite desta quinta-feira o Botafogo derrotou por 1 a 0 o Nacional (URU) no jogo de ida pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Numa fria e chuvosa Montevidéu, mais uma vez contando com o apoio de seus torcedores, que compareceram em bom número ao estádio, o Alvinegro marcou o seu gol após cruzamento da esquerda de Rodrigo Pimpão para o chute de Bruno Silva, que resvalou na zaga, até o arremate final de João Paulo, aos 37 minutos do primeiro tempo, bem em frente ao setor destinado à galera botafoguense.

Novamente deu gosto de ver a aplicação tática, o empenho e a garra dos jogadores alvinegros, ressaltando o constante apoio de seus atacantes, Rodrigo Pimpão e Roger, que sempre recuavam para auxiliar no combate aos adversários.

Agora nos resta controlar a ansiedade no aguardo da partida de volta, a realizar-se em nosso estádio no dia 10 de agosto.

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 1 x 0 C. NACIONAL DE F. (URU)
Data: 06/07/2017
Local: Estádio Gran Parque Central, Montevidéu (Uruguai)
Árbitro: Julio Bascuñán (CHI)
Renda / Público: Não divulgados
Gol: João Paulo, aos 37’ (1º tempo)
Cartões amarelos: João Paulo e Bruno Silva (Botafogo); Polenta, Fucile e Santiago Romero (Nacional)
Botafogo: Gatito Fernández, Arnaldo, Joel Carli (capitão), Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Bruno Silva e João Paulo (Camilo); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Marcos Vinícius). Técnico: Jair Ventura
Nacional: Conde, Fucile (Ramírez), García, Polenta e Espino; Santiago Romero, González e Carballo; Viudez (Ligüera), Silveira (Coelho) e Fernández. Técnico: Martín Lasarte

[Fontes: Extra e Lance!]

sábado, 1 de julho de 2017

Botafogo Campeão da Liga Ouro de Basquetebol Masculino 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: Vítor Silva / SS Press / Botafogo)

É o Botafogo de volta à elite do Basquetebol brasileiro!

Na quinta e decisiva partida das finais, ao derrotar por 90 x 68 na noite desta sexta-feira a equipe do Joinville, o Botafogo conquistou em seu ginásio o título da Liga Ouro de Basquetebol masculino de 2017, credenciando-se à disputa da edição de 2017/2018 do NBB.

Segue a campanha do Alvinegro:

FASE DE CLASSIFICAÇÃO

03/03 – Ginásio do IFAP – Santos F.C. (AP) 63 x 66 Botafogo (cestinha: Jamaal – 18 pontos)

05/03 – Ginásio do IFAP – Santos F.C. (AP) 67 x 81 Botafogo (cestinha do Botafogo: Arnaldinho – 22 pontos)

15/03 – Ginásio do Olympico Club (Belo Horizonte) – Contagem Towers 64 x 74 Botafogo (cestinhas do Botafogo: Arnaldinho e Jamaal – 13 pontos)

17/03 – Ginásio do Olympico Club (Belo Horizonte) – Contagem Towers 82 x 78 Botafogo (cestinha do Botafogo: Jamaal – 22 pontos)

26/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 90 x 64 Basquete Blumenau (cestinha: Wes – 29 pontos)

28/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 89 x 85 Basquete Blumenau (cestinha: Jamaal – 29 pontos)

31/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 91 x 53 A.D. Brusque (cestinha: Arnaldinho – 17 pontos)

02/04 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 80 x 59 A.D. Brusque (cestinha: Arnaldinho – 23 pontos)

14/04 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 62 x 66 Joinville/AABJ (cestinha do Botafogo: Arnaldinho – 14 pontos)

16/04 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 81 x 68 Joinville/AABJ (cestinha do Botafogo: Jamaal – 20 pontos)

21/04 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 124 x 68 Santos F.C. (AP) (cestinha: Arnaldinho – 19 pontos)

23/04 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 101 x 79 Santos F.C. (AP) (cestinha: Arnaldinho – 21 pontos)

27/04 – Ginásio do Galegão – Basquete Blumenau 98 x 86 Botafogo (cestinha do Botafogo: Arnaldinho – 22 pontos)

29/04 – Centreventus Cau Hansen – Joinville/AABJ 75 x 79 Botafogo (cestinha: Rafinha – 17 pontos)

01/05 – Arena Brusque – Brusque 73 x 75 Botafogo (cestinha: Douglas – 18 pontos)

05/05 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 76 x 80 Contagem Towers (cestinha: Arnaldinho – 21 pontos)

07/05 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 61 x 57 Contagem Towers (cestinha do Botafogo: Arnaldinho – 20 pontos)

16/05 – Ginásio do Galegão – Basquete Blumenau 75 x 66 Botafogo (cestinha: David – 17 pontos)

18/05 – Centreventus Cau Hansen – Joinville/AABJ 82 x 88 Botafogo (cestinha: Wes – 31 pontos)

20/05 – Arena Brusque – Brusque 66 x 87 Botafogo (cestinha: Abner – 23 pontos)

Nota: o Botafogo terminou a fase de classificação em 1º lugar, com 27 pontos, empatado com o Contagem Towers, porém com melhor saldo de pontos: 116 a 62. O Santos F.C. (AP) foi eliminado da disputa, não sendo, portanto, computados os pontos das partidas contra esse clube.

SEMIFINAIS

03/06 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 82 x 81 Basquete Blumenau (cestinha do Botafogo: Arnaldinho – 25 pontos)

05/06 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 75 x 67 Basquete Blumenau (cestinha: Douglas – 15 pontos)

09/06 – Ginásio do Galegão – Basquete Blumenau 71 x 55 Botafogo (cestinha do Botafogo: Jamaal – 11 pontos)

11/06 – Ginásio do Galegão – Basquete Blumenau 69 x 74 Botafogo (cestinha do Botafogo: Wes – 16 pontos)

FINAIS

19/06 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 83 x 67 Joinville/AABJ (cestinha do Botafogo: Feliz – 19 pontos)
Botafogo: Feliz, Jamaal, Wes, Abner e Douglas. No banco: Rafinha, David, Roberto, Arnaldinho, Rodrigo Bahia e Phill.

22/06 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 68 x 76 Joinville/AABJ (cestinha: Jamaal – 30 pontos)
Botafogo: Feliz, Jamaal, Wes, Abner e Douglas. No banco: Rafinha, David, Roberto, Arnaldinho, Rodrigo Bahia e Phill.

25/06 – Centreventus Cau Hansen – Joinville/AABJ 60 x 66 Botafogo (cestinha: Rodrigo Bahia – 19 pontos)
Botafogo: Feliz, Jamaal, David, Abner e Douglas. No banco: Rafinha, Wes, Roberto, Arnaldinho, Rodrigo Bahia e Phill.

27/06 – Centreventus Cau Hansen – Joinville/AABJ 79 x 75 Botafogo (cestinha: Wes – 23 pontos)
Botafogo: Feliz, Jamaal, David, Abner e Douglas. No banco: Rafinha, Arnaldinho, Roberto, Rodrigo Bahia, Phill e Wes.

30/06 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 90 x 68 Joinville/AABJ (cestinha: Jamaal – 22 pontos)
Botafogo: Feliz, Jamaal, Wes, Abner e Douglas. No banco: David, Roberto, Arnaldinho, Rodrigo Bahia, Rafinha, Guga e Phill. Todos jogaram.

Nota: o norte-americano Jamaal Smith, que já fora eleito o melhor jogador da fase classificatória, também foi eleito o MVP das finais.

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Elenco:

1 – Feliciano (Feliz) Perez Neto
5 – Jamaal Thaddius Smith
6 – Rafael Diogo da Silva (Rafinha)
10 – David Augusto Santos Brito
11 –Arnaldo (Arnaldinho) de Souza Moreira Filho (capitão)
12 – Rodrigo (Rodrigo Bahia) Pedreira dos Santos Bispo
13 – Gustavo (Guga) Ceccato Ruiz
15 – Roberto Dias Ferreira
22 – Phillip (Phill) Ryan Flowers
24 – Wesley (Wes) Lyron Russell Jr.
33 – Abner Davi de Novais Moreira
34 – Douglas Corrêa dos Santos

Técnico campeão: Márcio Soares de Andrade.

[Fontes: site oficial do Botafogo F.R. e http://lnb.com.br/liga-ouro/.]