domingo, 19 de fevereiro de 2017

O Antigo Ponteiro Helinho

pesquisa de Claudio Falcão


Hélio Ricardo Dias da Conceição, o Helinho, originalmente ponteiro-direito, que por vezes também atuava na extrema esquerda, nasceu no Rio de Janeiro (RJ) a 19 de outubro de 1964.

Iniciou sua carreira nos infantis do C.R. Vasco da Gama, indo posteriormente para as categorias de base botafoguenses.

Em 1983 foi campeão do Torneio Octavio Pinto Guimarães de Juniores (Sub-20), pelo Alvinegro carioca.

E como atleta do Glorioso competiu pela seleção brasileira nos Jogos Pan-Americanos de 1983 (Caracas – Venezuela).

"Este é o seu Ídolo" - Helinho
(Jornal dos Sports - 17/01/1984)

Atuou pelo Botafogo em 193 partidas, entre 1983 e 1988, assinalando 34 gols (pesquisa de Pedro Varanda).

Pelo Glorioso foi campeão do Torneio de Genebra (Suíça – 1984), do Torneio de Berna – Philips Cup (Suíça – 1985) e do Torneio de Palma de Mallorca (Espanha – 1988).

Última partida de Helinho pelo Botafogo:

BOTAFOGO F.R. 0 X 0 SANTOS F.C. (*)
Data: 18/12/1988
Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Renda e público: Cz$5.557.200,00 / 8.018 pagantes
Arbitragem: Nei Andrade Nunesmaia, auxiliado por Cláudio Falcão Seixas e Willians Cavalcanti de Lima
Competição: Campeonato Brasileiro (Copa União)
Cartão amarelo: Ijuí (Santos)
Botafogo: Ricardo Cruz, Vítor, Wilson Gottardo, Mauro Galvão e Wagner ‘Pepeta’; Carlos Alberto Santos, Luisinho e Paulinho Criciúma (Jefferson); Helinho, Varela e Gustavo. Técnico: Jair Pereira
Santos: Ferreira, Heraldo, Cássio, Luisinho e Ijuí; César Sampaio, César Ferreira (Leonardo) e Mendonça; Juninho, Sócrates (César Pereira) e Giba. Técnico: Marinho Peres
(*) – Nos pênaltis, vitória do Botafogo por 10 a 9.

Obs.: Helinho foi emprestado ao Grêmio F.B.P.A. (RS) em janeiro/1988, onde foi campeão gaúcho, reaparecendo no Botafogo em novembro do mesmo ano, sendo então negociado em definitivo com o Bangu A.C. em fevereiro/1989, não tendo feito parte, portanto, do elenco que foi campeão estadual pelo Glorioso em 1989.

[Fontes: Jornal dos Sports e Placar.]

6 comentários:

  1. Bom dia.

    O Jeferson que substituiu PC foi o Gáucho ou o Paulista?

    Saudações Alvinegras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde.
      Foi bom você ter levantado a questão.
      O Jefferson mencionado é o que ficou depois conhecido como Jefferson Gaúcho, e que viria a ser campeão carioca pelo Botafogo em 1989.

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir
  2. Obrigado, DataFogo!
    Solicitei a pesquisa sobre o Helinho há poucos dias e vocês foram bem rápidos! :)
    Saudade dessa época (apesar de não termos faturado títulos). Meu pai nos levava ao Maracanã em todos os jogos e adorava ver o Helinho jogar, atormentando as defesas adversárias com sua velocidade absurda.
    Pena que ele não jogou em 1989, ano que o Botafogo foi finalmente campeão, após 21 anos. Ele merecia... Foi para o Bangu, pelo que vi. Sacanagem...rs
    Pergunta: Nesse último jogo do Helinho, esse Mendonça no Santos era o nosso Mendonça?
    Abs e obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fabão.
      Bom que você já viu e curtiu a postagem sobre o Helinho.
      Sobre o Mendonça no Santos em 1988, creio que tenha sido mesmo o 'nosso' Mendonça, pois sei que ele em 1987 já estava atuando pela equipe santista.
      E querendo ler a postagem feita sobre ele, acesse http://datafogo.blogspot.com.br/2010/10/mendonca-o-classico-meia-armador.html

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir
  3. Cláudio. Ótima lembrança do Helinho. Em 2011, ele esteve em uma edição do Feijão no Fogão, no estádio Nilton Santos. Eu estava lá e o encontro foi chamado 'A magia do 7'. Se me permite, o Mendonça era o nosso mesmo; o Juninho era o meia Juninho, que foi nosso camisa 10 em 1990 e posteriormente em 1994, após passagem pelo México. E o Sócrates era ele mesmo o Dr. Sócrates, já em fim de carreira. Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marcos.
      Bom receber sua visita, e consequente contribuição nessa troca de informações aqui no blog.

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir