quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O Advogado Gílson Mussi, Ex-Goleiro do Botafogo

pesquisa de Claudio Falcão

Coleção 'Ídolos do Futebol Brasileiro'

Gílson Mussi, o antigo goleiro Gílson, nasceu em Castelo (ES) a 27 de março de 1930. Veio para os juvenis do Botafogo no final dos anos 40, tendo estreado entre os profissionais em 1950.

Estreia de Gílson:
05/11/1950 – Botafogo 2 x 0 São Cristóvão – Campeonato Carioca (2º turno)
Local: Figueira de Melo
Juiz: Carlos de Oliveira Monteiro, ‘Tijolo’
Renda: Cr$54.199,00
Gols: Ariosto (2), aos 10’ (1º tempo) e aos 35’ (2º tempo)
Botafogo: Gílson, Basso e Araty; Rubinho, Ávila e Richarde; Zezinho, Neca, Ariosto, Octavio e Braguinha
São Cristóvão: Marujo, Doutor e Torbis; Nélson, Geraldo e Olavo; Geraldino, Carlyle, Jorge, Rato e Magalhães
[Fontes: A Noite, 06/11/1950 e ‘O Futebol no Botafogo – 1904-1950’]

Pelo Alvinegro carioca foi campeão do Torneio Quadrangular Estadual do Rio de Janeiro em 1954 (leia mais em http://datafogo.blogspot.com.br/2010/04/em-1954-o-botafogo-conquistava-o-seu.html).

Uma formação do Botafogo em 1954: da esquerda para a direita,
em pé - Gérson, Gílson, Nílton Santos, Danilo, Ruarinho e Orlando Maia;
agachados - Garrincha, Dino da Costa, Carlyle, Paulinho Omena e Vinícius
(Anuário do Esporte Ilustrado - 1955)

Participou da primeira grande excursão do Glorioso à Europa, em 1955.

Gílson competiu pelos profissionais do Botafogo em 105 partidas, sofrendo 142 gols, de 1950 a 1955 (pesquisa de Pedro Varanda).

Ainda atuou pelo E.C. Bahia, a partir de setembro/1955 e em 1956.

Graduou-se em Direito, pela então Universidade do Distrito Federal (depois UEG e atual UERJ), em dezembro/1957.

E foi-lhe concedido pela Assembleia Legislativa o título de Cidadão do Estado do Rio de Janeiro, em 2 de fevereiro de 2006.

[Fontes: A Noite, 06/11/1950; Coleção ‘Ídolos do Futebol Brasileiro’ – 1956; Correio da Manhã, 11/09 e 29/09/1955 e 04/03/1956; Diário da Noite, 24/05/1956; O Globo, 16/12/1957; Última Hora, 21/12/1957; ‘O Futebol no Botafogo – 1904-1950’, de Alceu Mendes de Oliveira Castro – 1951; sites Futebol 80 e RSSSF Brasil.]

9 comentários:

  1. Trabalhei com o Dr Gilson Mussi em 1981, em uma de suas empresas e gostaria muito de ter notícias recentes sobre ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá marcia o Dr gilson ta vivo,ele é proprietario de uma escolana rua barão de iguatemi,na praça da bandeira.em frente a delegacia, ainda mora em botafogo e ficou viuvo recentemente.Pessoa muiti agradavel.

      Excluir
  2. meu email: marci.sol@hotmail.com

    Tenho o endereço antigo do Dr Gilson Mussi, em Botafogo, porém não sei se ele permanece entre nós.Sua esposa, mãe de seus três filhos já é falecida,ha mais de trinta anos acometida de CA. Amaria saber que ele esta bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Márcia.
      Não tenho notícias recentes sobre o Dr. Gílson Mussi.
      Só sei dizer que em março/2012 foi feita uma campanha de doação de sangue para ele, pela web.
      Lamento, mas depois dessa data, nada mais soube.

      Saudações esportivas!

      Excluir
  3. Ele está vivo e viúvo da segunda esposa. Reside na Quinta da Boa Vista, no Rio.

    ResponderExcluir
  4. Ele está vivo e viúvo da segunda esposa. Reside na Quinta da Boa Vista, no Rio.

    ResponderExcluir
  5. Ele está vivo e viúvo da segunda esposa. Reside na Quinta da Boa Vista, no Rio.

    ResponderExcluir
  6. Ele está vivo e viuvo da segunda esposa. Reside no Rio (Quinta da Boa Vista).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Wanderley.
      Obrigado por nos dar notícias do nosso antigo goleiro Dr. Gílson Mussi.

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir