quarta-feira, 25 de junho de 2014

Abelardo de Lamare, Meia-Direita Campeão de 1910

pesquisa de Pedro Varanda


Nome: Abelardo de Lamare
Nascimento: Belém (PA), 26/11/1892
Falecimento: Rio de Janeiro, 10/10/1979

Estreia: 20/09/1908 – 6 x 0 Paysandu C. C. (Campeonato Carioca), Rua Voluntários da Pátria.
Botafogo – Coggin, Mário Maia e Octávio Werneck; Rolando de Lamare, Viveiros de Castro e Ataliba Sampaio; Millar, Abelardo de Lamare, Canto, Mimi Sodré e Raphael Sampaio. 
Gols: Abelardo de Lamare (2), Ataliba Sampaio (2), Mimi Sodré e Mário Maia. Fonte: A Imprensa, de 22-09.
Obs.: Segundo o ‘Jornal do Brasil’, de 22-09, os gols foram de Mimi Sodré, Raphael Sampaio, Mário Maia, Rolando de Lamare, Abelardo de Lamare (1° tempo) e Abelardo de Lamare (2° tempo).

Despedida: 27/07/1919 – 2 x 0 S. C. Mangueira (Camp. Carioca), Rua Prefeito Serzedello Corrêa.
Botafogo – Oliveira, Monti e Sylla; Franco, Joppert e Pollice; Celso, Petiot, Abelardo de Lamare, Luiz Menezes e Neco. 
Gols: Abelardo de Lamare e Luiz Menezes.

Abelardo atuou em 44 jogos e marcou 66 gols, entre 1908 e 1919. Foi campeão carioca em 1910, também conquistando os seguintes troféus: Taça Interestadual (1910 – 7 x 2 A.A. Palmeiras) e Taça Prefeitura (1910 – 5 x 1 São Cristóvão A.C.). Não participou do título carioca (AFRJ) de 1912 e demais troféus conquistados pelo Alvinegro carioca.

Três Súmulas:

BOTAFOGO 7 x 2 A. A. PALMEIRAS
Data: 15/08/1910
Local: Velódromo, São Paulo
Árbitro: Hermann Friesi
Competição: Amistoso (Troféu Interestadual)
Gols: Décio Viccari, Mimi Sodré, Abelardo de Lamare e Octávio Egydio (1° tempo); Abelardo de Lamare, Décio Viccari, Abelardo de Lamare, Décio Viccari e Eurico Mendes (2° tempo)
Botafogo: Coggin, Edgard Pullen e Dinorah; Juca Couto, Lulu Rocha e Rolando de Lamare; Emmanuel Sodré, Abelardo de Lamare, Décio Viccari, Mimi Sodré e Lauro Sodré
A.A. Palmeiras: Orlando Penteado, João Salerno e Urbano Moraes; Andrew Rhein, Thomas Collet e Octávio Egydio; Jarbas, Fritz, Eurico Mendes, Mário Egydio e Raphael Sampaio
Obs.: O Botafogo conquistou o Troféu Interestadual.
Fontes: Correio Paulistano, GN (nome e sobrenomes dos jogadores da AAP), JC (de 16 e 17-08), O Paiz (de 18-08), O Futebol no Botafogo e Revista Botafogo n° 229, de junho e julho de 1977

BOTAFOGO 6 x 1 FLUMINENSE
Data: 25/09/1910
Local: Rua Voluntários da Pátria, Rio de Janeiro
Público: 6.000 mil (fonte: CM, de 27-09, página 8)
Árbitro: Hassell (do Rio Cricket)
Competição: Campeonato Carioca
Gols: Abelardo de Lamare (3), no 1° tempo; Lulu Rocha (contra), Décio Viccari (2) e Mimi Sodré, de cabeça, no 2° tempo
Botafogo: Coggin, Edgard Pullen e Dinorah; Rolando de Lamare, Lulu Rocha e Lefèvre; Emmanuel Sodré, Abelardo de Lamare, Décio Viccari, Mimi Sodré e Lauro Sodré
Fluminense: Waterman, Félix Frias e Ernesto Paranhos; Nery, Mutzenbecher e Gallo; Millar, Oswaldo Gomes, Edwin Cox, Gilbert Hime e Alberto Borgerth
Obs.: 1) Primeira vitória sobre o Fluminense FC, no antigo campo da Rua Voluntários da Pátria, n° 209 – Botafogo; 2) O árbitro Hassell (goleiro do Rio Cricket) também arbitrou o match preliminar de segundos quadros; 3) Maior goleada em decisões de Campeonatos do Rio de Janeiro no amadorismo.
Fontes: Gazeta de Notícias, Jornal do Commercio e O Futebol no Botafogo
BOTAFOGO 5 x 1 SÃO CRISTÓVÃO
Data: 13/11/1910
Local: Campo Público de São Cristóvão, Rio de Janeiro
Árbitro: Alberto Leite Imbuzeiro
Competição: Amistoso (Taça Prefeitura)
Gols: Abelardo de Lamare (2) e Pedro Barroso, no 1° tempo; Décio Viccari e Abelardo de Lamare (2), no 2° tempo
Botafogo: Coggin, Edgard Pullen e Dinorah; Juca Couto, Lulu Rocha e Rolando de Lamare; Emmanuel Sodré, Abelardo de Lamare, Décio Viccari, Mimi Sodré e Lauro Sodré
São Cristóvão: Arthur Azevedo, Waldemar Guimarães e Francisco Barroso; Gentil Andrade, José Rollo e Martinho Tatu; João Pereira, Carlos Cantuária, Álvaro Cunha, Pedro Barroso e Rega
Obs.: 1) Inauguração das arquibancadas; 2) O Botafogo conquistou a Taça Prefeitura.
Fontes: Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil (de 14-11-1910), Jornal do Commercio (de 14-11-1910), O Futebol no Botafogo e O Paiz (de 13-11-1910 e 12-08-1917)

Nenhum comentário:

Postar um comentário