quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

O Botafogo inaugurando Campo, Arquibancadas ou Refletores (IV)

pesquisa de Pedro Varanda

Súmulas de jogos de inaugurações na década de 70:

28-10-70 – Botafogo 0 x 1 Cruzeiro (MG) (Refletores do estádio Rei Pelé).

BOTAFOGO 0 x 1 CRUZEIRO
Data: 28/10/1970
Local: Rei Pelé, Maceió (AL)
Árbitro: Sebastião Canuto
Competição: Amistoso
Gol: Dirceu Lopes, aos 27’ do 1° tempo
Botafogo: Wendell, Mura, Moisés, Osmar e Waltencir; Careca e Paulo Cézar; Rogério, Roberto, Jairzinho e Torino (Nílson Dias). Técnico: Zagallo
Cruzeiro: Nêgo, Pedro Paulo, Brito, Darci e Carlos Manoel (Vanderley); Piazza (Ferreira), Zé Carlos e Dirceu Lopes; Natal, Evaldo e Tostão (Eduardo). Técnico: Filpo Nuñes
Obs.: Inauguração dos refletores do estádio.
Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e O Globo


06-09-1970 – Botafogo 5 x 2 Internacional (Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim).

BOTAFOGO 5 x 2 INTERNACIONAL (RS)
Data: 06/09/1970
Local: Colosso da Lagoa, Erechim
Renda: Cr$ 115.000,00
Público: 17.597
Árbitro: Luís Zéttermann Torres
Competição: Amistoso
Gols: Jairzinho, aos 2’ e Sérgio, aos 21’ (1° tempo); Jairzinho, aos 18’, Arlindo, aos 20’, Nílson Dias, aos 31’, Valdomiro, aos 33’ e Jairzinho, aos 36’ (2° tempo)
Botafogo: Ubirajara Motta (Cao), Moreira (Edinho), Moisés, Osmar e Waltencir; Nei Conceição (Zé Carlos II) e Arlindo (Pojito); Zequinha, Ferretti (Nílson Dias), Jairzinho e Careca. Técnico: Paraguaio
Internacional: Gainete, Édson Madureira, Pontes, Valmir e Jorge Andrade; Paulo César Carpegiani (Carbone), Tovar e Dorinho; Valdomiro, Sérgio Galocha e Claudiomiro. Técnico: Daltro Rodrigues Menezes
Obs.: 1) Inauguração do estádio; 2) Na preliminar: Ypiranga 3 x 2 Esportivo; 3) Zagallo (técnico do Botafogo) estava de licença em Londres; 4) O atleta Edinho, do juvenil, que substituiu Moreira, não é o mesmo Edinho (Édson Fernandes Ribeiro) de 1967.
Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports, O Globo e colaboração de Luiz Pissutti


08-03-1975 – Botafogo 0 x 0 Campinense (PB) (Estádio Ernâny Sátiro, em Campina Grande).

BOTAFOGO 0 x 0 CAMPINENSE
Data: 08/03/1975
Local: Ernâni Sátyro, Campina Grande (PB)
Renda: Cr$ 129.786,00
Público: 22.214
Árbitro: Jarbas Ferreira
Competição: Amistoso
Botafogo: Wendell, Miranda, Mauro Cruz (Chiquinho Pastor), Osmar e Dodô (Tiquinho); Carbone, Marcos Aurélio (Rogério Pereira) e Ademir Vicente; Cremílson, Puruca (Fischer) e Nílson Dias (Ferretti). Técnico: Zagallo
Campinense: Olinto, Edvaldo, Paulinho, Nanã Reis (Deca) e Agra; Vavá e Dão; Porto (Jorge Flávio), Erasmo (Carlinhos), Pedrinho e Valmir. Técnico: José Lima
Obs.: 1) Rogério Hetmanek (ponta-direita, bicampeão de 1967-1968) estava sem contrato com o Botafogo F.R., por isso não atuou; 2) Inauguração do estádio.
Fontes: Jornal dos Sports e O Globo


09-03-1975 – Botafogo 2 x 0 Botafogo (PB) (Estádio José Américo de Almeida Filho, em João Pessoa).

BOTAFOGO 2 x 0 BOTAFOGO-JP (PB)
Data: 09/03/1975
Local: José Américo de Almeida Filho, João Pessoa
Renda: Cr$ 180.000,00
Público: 25.000
Árbitro: Antônio Toscano
Competição: Amistoso
Gols: Tiquinho, aos 30 segundos e Nílson Dias, aos 40 minutos do 1° tempo
Botafogo: Wendell (Ubirajara Alcântara), Miranda, Mauro Cruz, Osmar (Chiquinho Pastor) e Ademir Vicente; Carbone (Dodô) e Marcos Aurélio; Cremílson, Fischer (Ferretti), Nílson Dias (Puruca) e Tiquinho. Técnico: Zagallo
Botafogo-JP: Salvino, Molinas (Calvert), João Carlos, Celso e Evandro; Luís e Odon; Géo (Pedrinho), Benício, Baltazar e Serginho (Erasmo). Técnico: ?
Obs.: 1) Inauguração do estádio; 2) Dispararam uma bomba debaixo da arquibancada que provocou pânico e feriu 15 pessoas; 3) De acordo com o ‘JS’, de 11-03, o segundo gol do Botafogo foi de Nílson Dias e não de Fischer.
Fontes: Botafogo F.R., Jornal do Brasil, Jornal dos Sports (de 10 e 11-03) e Placar


07-08-1977 – Botafogo 1 x 0 Goytacaz (Reabertura do estádio).

BOTAFOGO 1 x 0 GOYTACAZ
Data: 07/08/1977
Local: Ary de Oliveira, Campos dos Goytacazes
Renda: Cr$ 285.900,00
Público: 9.624
Árbitro: Giese do Couto
Assistentes: Eduardo Monteiro e Hélio Tavares
Competição: Campeonato Carioca
Gol: Nílson Dias, aos 6’ do 2° tempo
Botafogo: Zé Carlos, China, Osmar, Renê e Jorge Luiz; Ademir Vicente, Mário Sérgio e Dé; Gil, Nílson Dias e Tiquinho. Técnico: Zezé Moreira
Goytacaz: Acácio, Totonho, Paulo Marcos, Zé Rios e Tita; Ricardo Batata, Wilson e Jocimar (Santana); Vivinho, Albéris (Chico) e Piscina. Técnico: Ualdo Pessanha
Obs.: Reabertura do estádio.
Fontes: Jornal do Brasil e Jornal dos Sports


09-10-1977 – Botafogo 3 x 0 Gama (DF) (Estádio Walmir Campelo Bezerra, em Gama).

BOTAFOGO 3 x 0 GAMA
Data: 09/10/1977
Local: Walmir Campelo Bezerra, Gama
Renda: Cr$ 236.000,00
Público: 15.021 pagantes
Árbitro: Amphilóquio Pereira da Silva
Competição: Amistoso
Gols: Mendonça, aos 9’ (1° tempo); Gil (2), aos 12’ e 19’ (2° tempo)
Botafogo: Zé Carlos, China (Perivaldo), Osmar, Renê e Rodrigues Neto; Luizinho Rangel, Mendonça e Mário Sérgio; Gil (Ricardo), Nílson Dias (João Paulo) e Paulo Cézar (Tiquinho). Técnico: Danilo Alves
Gama: Chico, Carlão (Osvaldo), Santana, César e Ivair (Isaías); Mundinho, Marcos (Lelé) e Adílson (Rildo); Lucas (Careca), Maninho e Roldão (Chicão). Técnico: Eurípedes Bueno de Morais
Obs.: Inauguração do estádio.
Fontes: Jornal do Brasil e Jornal dos Sports


22-10-1978 – Botafogo 2 x 1 Portuguesa Carioca (Estádio Glorioso, em Marechal Hermes).

BOTAFOGO 2 x 1 PORTUGUESA
Data: 22/10 /1978
Local: Estádio Glorioso, em Marechal Hermes, Rio
Renda: Cr$ 573.295,00
Público: 19.211 pagantes
Árbitro: Élson Pessoa
Competição: Campeonato Carioca
Gols: Dé, ao 1° minuto, Mendonça, aos 24’ e Luisinho, aos 39’ (todos no 2° tempo)
Botafogo: Zé Carlos, Perivaldo, Osmar, Renê e Ademir Vicente; Wecsley, Mendonça e Ademir Lobo; Gil (Cremílson), Luizinho Lemos (João Paulo) e Dé. Técnico: Danilo Alves
Portuguesa: Chico, Sérgio Roberto, Márcio, Fernando e Dori; Édson, Carlinhos (Emílio) e Jair; Zair, Luisinho e Bruno. Técnico: José Storino
Obs.: Inauguração do campo do Botafogo com arquibancadas tubulares. No princípio dos anos oitenta, o estádio passou a se chamar Mané Garrincha.
Fonte: Jornal do Brasil


16-11-1978 – Botafogo 1 x 0 Campo Grande (Refletores do estádio).

BOTAFOGO 1 x 0 CAMPO GRANDE
Data: 16/11/1978
Local: Ítalo Del Cima, Rio de Janeiro
Renda: Cr$ 332.880,00
Público: 8.172
Árbitro: Luís Carlos Félix
Assistentes: Wilson Dias Durão e Roberto Coelho
Competição: Campeonato Carioca
Gol: Mendonça, aos 6’ do 2° tempo
Botafogo: Zé Carlos, Perivaldo, Osmar, Renê e Rodrigues Neto; Chiquinho, Mendonça e Mário Sérgio; Gil, João Paulo (Luizinho Rangel) e Dé. Técnico: Danilo Alves
Campo Grande: Veludo, Brasinha, Fernandes, Neném e Garrido; Paulo Roberto, Badu e Zé Luís; Freitas, Caio e César (Clécio). Técnico: Antônio Clemente
Obs.: Inauguração dos refletores do estádio.
Fontes: Jornal do Brasil e Jornal dos Sports


25-07-1979 – Botafogo 4 x 0 Seleção Juvenil do Uruguai (Inauguração dos refletores)

BOTAFOGO 4 x 0 SELEÇÃO JUVENIL DO URUGUAI
Data: 25/07/ 1979
Local: Marechal Hermes, Rio de Janeiro
Renda: Cr$ 352.000,00
Público: 3.741 pagantes
Árbitro: José Roberto Wright
Assistentes: José Maria Brandão e Mário Leite Santos
Competição: Amistoso (Troféu Adhemar Bebiano)
Gols: Dé, aos 18’, Mendonça, aos 26’ e Gil, aos 36’ (1° tempo); Dé, aos 15’ (2° tempo)
Botafogo: Luiz Carlos, China, Luís Cláudio, Nílson Andrade e Vanderlei Luxemburgo (Zanata); Russo (Luizinho Rangel), Mendonça (Manfrini) e Renato Sá; Gil, Dé e Marcelo (Luizinho Lemos). Técnico: Jorge Vieira. Banco de reservas: Borrachinha, Ronaldo, Zanata, Luizinho Rangel, Wecsley, Manfrini e Luizinho Lemos
Seleção Juvenil do Uruguai: Alvez, Molina, Cáceres, Alaguich e Martínez; Barrios, Luzardo e Roo (Carlos Larranaga, depois Éber Bueno); Vargas, Ruben Paes (González) e Ricardo Viera. Técnico: Raúl Bentancor. Banco de reservas: Mario Viera, Daniel Gutiérrez, Daniel Revelez, Miguel Bossio, Sergio González, Luiz Guelmo, Pablo Alonso e Éber Bueno
Obs.: 1) Inauguração dos refletores e foi a estreia Jorge Vieira no comando da equipe botafoguense; 2) O Botafogo conquistou o Troféu Adhemar Bebiano.
Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e O Globo


Súmula de jogo de inauguração na década de 80:

25-08-1982 – Botafogo 1 x 0 Guarani (MG) (Novos refletores do estádio).

BOTAFOGO 1 x 0 GUARANI (MG)
Data: 25/08/1982
Local: Waldemar Teixeira de Faria, Divinópolis
Árbitro: Waldemar Firme
Competição: Amistoso (Troféu Mané Garrincha)
Gol: Té, de cabeça, aos 7’ do 1° tempo
Botafogo: Jair, Christiano, Abel, Eraldo e Josimar; Alemão, Alexandre (Almir) e Mendonça; Geraldo (César), Té (Mirandinha) e Passos (Macedo). Técnico: Zé Mário
Guarani: Ildeu, Mádson (Joel), Morais, Niltinho (Araújo) e Coca; Lucinho, Carlos Roberto e Gil; Carlinhos, Cafuringa (Félix) e Prego. Técnico: Geraldo Magela
Obs.: 1) Inauguração dos novos refletores; 2) Manoel dos Santos (Garrincha) deu o pontapé inicial da peleja e também foi homenageado, além de um prêmio em dinheiro (Cr$ 50.000,00), troféus e medalhas; 3) O Botafogo conquistou o Troféu Mané Garrincha, fonte: Jornal do Brasil, de 27 de agosto.
Fontes: Botafogo F.R. e Jornal do Brasil, de 26-08, 2ª edição, súmula

Nenhum comentário:

Postar um comentário