quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Juvenal, Campeão Carioca de 1948

pesquisa de Pedro Varanda


Juvenal Francisco Dias, médio-esquerdo do Botafogo na conquista do campeonato carioca de 1948, nasceu em Vespasiano (MG) a 12 de março de 1923, tendo falecido recentemente, a 30 de agosto de 2012.

Juvenal vestiu a GLORIOSA 384 vezes e marcou 13 gols. Vindo do Cruzeiro E.C. (MG), estreou em 01/09/1946, despedindo-se em 1957. É o 11º jogador que mais vezes atuou com a camisa alvinegra.

Títulos de Juvenal pelo Botafogo (súmulas abaixo):
Torneio Início de 1947
Campeonato Carioca de 1948
Triangular de Porto Alegre de 1951
Quadrangular Interestadual de 1954

BOTAFOGO 4 x 1 OLARIA
Data: 27/07/1947
Local: São Januário
Árbitro: Mário Gonçalves Vianna
Competição: Torneio Início (decisão)
Gols: Reynaldo (2), Santo Cristo e Ponce de León (Botafogo); Alcino (Olaria)
Botafogo: Oswaldo Baliza, Gérson e Sarno; Adão, Nílton Senra e Juvenal; Santo Cristo, Octávio, Ponce de León, Geninho e Reynaldo
Olaria: Zezinho, Laércio e Amaury; Leleco, Spinelli e Ananias; Alcino, Limoeirinho, Roberto, Tim e Gérson
Obs.: Botafogo, campeão do Torneio Início.
Fontes: A Noite e O Jornal

BOTAFOGO 3 x 1 VASCO DA GAMA
Data: 12/12/1948
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Árbitro: Mário Gonçalves Vianna
Competição: Campeonato Carioca (decisão)
Gols: Paraguaio (de cabeça) e Braguinha, no 1° tempo; Octávio e Ávila (de cabeça, contra), no 2° tempo
Botafogo: Oswaldo Baliza, Gérson e Nílton Santos; Rubinho, Ávila e Juvenal; Paraguaio, Geninho, Pirillo, Octávio e Braguinha. Técnico: Zezé Moreira
Vasco da Gama: Barbosa, Augusto e Wilson; Ely, Danilo e Jorge; Friaça, Ademir Menezes, Dimas, Ipojucan e Chico. Técnico: Flávio Costa
Obs.: 1) Gérson abandonou o campo aos 10’ do segundo tempo, por contusão. O Botafogo atuou com 10 (dez) jogadores até o final; 2) Botafogo, campeão carioca (1948).
Fonte: Jornal dos Sports

BOTAFOGO 2 x 0 GRÊMIO
Data: 17/06/1951
Local: Eucaliptos, Porto Alegre
Árbitro: Arthur Vilarinho “Espanha”
Assistente: Júlio Peterson e Osvaldo Azzarini Rolla (o Foguinho)
Competição: Triangular de Porto Alegre (Taça CIREL)
Gols: Nílson (contra), aos 11’, no 1° tempo e Zezinho, aos 31’, no 2° tempo
Botafogo: Oswaldo Baliza, Gérson (Carlito) e Nílton Santos; Rubinho, Geninho e Juvenal; Joel, Neca (Ariosto), Dino, Zezinho e Braguinha (Jayme). Técnico: Carvalho Leite
Grêmio: Wilson (Sérgio Moacir), Joni e Nílson (Paulista); Bexiga, Sarará e Heitor (Danton); Balejo (Dario II), Ferraz, Geada, Pedrinho e Ápis. Técnico: Alfredo González
Obs.: Botafogo, campeão do Triangular de Porto Alegre.
Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports (de 18-06 e 20-06), João Batista Lopes da Silva e Luiz Pissutti (pesquisadores), do Rio Grande do Sul

BOTAFOGO 3 x 1 FLUMINENSE
Data: 25/04/1954
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$ 251.189,10
Público: 16.803
Árbitro: Alberto da Gama Malcher
Competição: Quadrangular Interestadual
Gols: Waldo, aos 4’ (1° tempo); Dino (2), aos 15’ e 23’ (este de cabeça) e Garrincha (de pênalti), aos 17’ (2° tempo)
Botafogo: Amaury, Thomé (Araty) e Floriano; Orlando Maia, Bob e Ruarinho; Garrincha, Paulinho, Dino, Carlyle e Vinícius. Técnico: Gentil Cardoso
Fluminense: Adalberto, Píndaro e Duque; Jair Santana, Édson e Bigode; Telê, João Carlos, Waldo, Róbson e Esquerdinha. Técnico: Francisco de Souza Ferreira (“Gradim”)
Obs.: 1) Juvenal atuara em uma partida anterior deste torneio; 2) Botafogo, campeão do Quadrangular Interestadual.
Fontes: Diário de Notícias e O Jornal

Último jogo de Juvenal pelo Botafogo:
BOTAFOGO 3 x 1 ATLÉTICO MINEIRO
Data: 03/02/1957
Local: Independência, Belo Horizonte
Árbitro: Anver Bilate
Competição: Amistoso
Gols: Pampolini, aos 15’, Didi, de pênalti, aos 25’ (1° tempo) e Paulinho Valentim, aos 2’ e Murilinho, aos 22’ (2° tempo)
Botafogo: Amaury, Beto, Bob e Nílton Santos (Orlando Maia); Pampolini e Juvenal (Ronald); Neyvaldo, Didi (Amoroso), Paulinho Valentim, Garrincha e Cañete. Técnico: Ephigênio de Freitas Bahiense (“Geninho”)
Atlético Mineiro: Sinval, Benito e Ranieri; William, Laércio (Hílton) e Mílton; Otávio, Vaduca (Hélio), Joel, Murilo e Amorim. Técnico: Niginho
Obs.: 1) Jogo relacionado com o pagamento do passe de Paulinho Valentim; 2) Segundo o ‘Canto do Galo’, ao invés de Mílton (como informou o ‘JB’ e o ‘JS’) atuou Nílson no Atlético Mineiro
Fontes: Boletim do Botafogo, Jornal do Brasil e Jornal dos Sports

[Fonte para o texto de introdução: Jornal dos Sports, após a conquista do título de 1948.]

2 comentários:

  1. Juvenal estava no elenco do Botafogo campeão de 1957?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marcio.
      O Juvenal não estava no elenco campeão carioca de 1957.

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir