quarta-feira, 8 de agosto de 2012

O Médio Italiano Francisco Pollice no Botafogo

pesquisa de Pedro Varanda

Francisco Pollice nasceu em Caserta (Itália) em 05 de julho de 1893 e faleceu em Sorocaba (SP) em 25 de fevereiro de 1952. Sua posição era médio, direito ou esquerdo.

(Foto: Boletim do Botafogo, janeiro/1950)

Veio do Corinthians Paulista para o Botafogo em 1917. Atuou em 106 jogos, marcou 3 (três) gols e conquistou os seguintes troféus pelo Glorioso:

29/07/1917 – 2 x 0 América (RJ). Troféu Federação Brasileira de Remo (Rio de Janeiro).
26/01/1919 – 6 x 1 Sport Recife (PE). Taça Inauguração do Estádio (Recife).
02/02/1919 – 2 x 0 América (PE). Taça Bronze Cidade de Recife (Recife).
17/02/1919 – 7 x 1 Seleção da Bahia. Taça Liga Bahiana (Salvador).
06/04/1919 – 3 x 2 São Cristóvão (RJ). Taça Gargeol - 2º lugar do Estadual de 1918 (Rio de Janeiro).
15/11/1919 – 7 x 2 América (MG). Taça Centro Mineiro (Rio de Janeiro).
25/04/1920 – 5 x 0 Byron (RJ). Taça Alfredo Eubanck (Niterói).

Estreia de Pollice pelo Botafogo e primeiro troféu conquistado:
BOTAFOGO 2 x 0 AMÉRICA (RJ)
Data: 29/07/1917
Local: Rua Paysandu, Rio de Janeiro
Árbitro: Oswaldo Gomes
Competição: Amistoso (Taça Federação Brasileira de Remo)
Gols: Waldemar Serra e Aluízio, ambos no 2° tempo
Botafogo: Abreu, Americano e Osny; Pino, Rolando de Lamare e Pollice; Mário Pinto, Aluízio, Nabuco, Vadinho e Waldemar Serra
América: Álvaro Cardoso, De Paiva e Paulino; Adhemar, Galdino “Nebulosa” e Paula Ramos; Oscar, Pedrinho, Gabriel de Carvalho, Arlindo e Nélson
Obs.: 1) O Botafogo conquistou a Taça Federação Brasileira de Remo; 2) Na preliminar, o Bangu venceu o Andarahy por 3 a 0 e também conquistou outra taça com o mesmo nome; 3) Álvaro Cardoso (ex-atacante) passou a ser goleiro americano.
Fontes: O Paiz e Revista Botafogo, n° 229, de junho-julho/1977

Primeiro gol de Pollice pelo Botafogo:
BOTAFOGO 2 x 4 FLUMINENSE (RJ)
Data: 15/08/1917
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Competição: Campeonato Carioca
Gols do Botafogo: Pollice e Waldemar Serra
Botafogo: Abreu, Americano e Osny; Pino, Rolando de Lamare e Pollice; Luiz Menezes, Aluízio, Vadinho, Waldemar Serra e Léo.
Obs.: No 2° quadro (time), Fluminense 3 a 1.

BOTAFOGO 6 x 1 SPORT RECIFE (PE)
Data : 26/01/1919
Local: Campo do Sport C. Recife, na Av. Malaquias
Árbitro: Altamiro Mourão dos Santos
Competição: Amistoso (Taça Inauguração do Estádio)
Gols: Candiota, Petiot e Candiota (1° tempo); Petiot, Santinho, Paulo Burlamaqui e Pedro Mazullo (2° tempo)
Botafogo: Cazuza, Monti e Osny; Pollice, Vadinho e Paulo Burlamaqui; Celso, Petiot, Santinho, Candiota e Neco
Sport Recife: Mário Franco, Chalmers e Armindo; Manta, Antônio Mazullo e Eurico; Salazar, Baptista, Pedro Mazullo, Benedicto e Rodrigues
Obs.: 1) O Botafogo conquistou a Taça Inauguração do Estádio; 2) Mazullo I = Antônio e Mazullo II = Pedro, atletas do Sport Club Recife.
Fontes: O Paiz e o Futebol no Botafogo, de Alceu Mendes de Oliveira Castro

BOTAFOGO 2 x 0 AMÉRICA DE RECIFE
Data: 02/02/1919
Local: Av. Malaquias, Recife
Árbitro: Altamiro Mourão dos Santos
Competição: Amistoso (Taça Bronze Cidade de Recife)
Gols: Candiota e Petiot (de pênalti), ambos no 1° tempo
Botafogo: Cazuza, Monti e Osny; Pollice, Vadinho e Baby Rodrigues; Celso, Petiot, Santinho, Candiota e Neco
América de Recife: Tasso, Alexi e Ayres; Soares, Bermudez e Rômulo; Segismundo, Perez, Conceição, Juju e Lapinha
Obs.: 1) O Botafogo conquistou a Taça Bronze Cidade de Recife; 2) O Alvinegro atuou desde os 30’ do 1° tempo com 9 (nove) jogadores, pois Pollice e Candiota deixaram o campo contundidos.
Fontes: O Futebol no Botafogo, de Alceu Mendes de Oliveira Castro e O Paiz

BOTAFOGO 7 x 1 SELEÇÃO DA BAHIA
Data: 17/02/1919
Local: Campo do Rio Vermelho, Salvador
Árbitro: Altamiro Mourão dos Santos
Competição: Amistoso (Taça Liga Bahiana)
Gols: Petiot (3), Luiz Menezes (2), Paulo Burlamaqui e Pollice (Botafogo); Oscar Nova (Sel. Baiana)
Botafogo: Abreu, Monti e Mário Braga; Baby Rodrigues, Pollice e Paulo Burlamaqui; Celso, Petiot, Vadinho, Luiz Menezes e Candiota
Seleção da Bahia: João Nova, Carapicu e Juvenal; Agostinho, Arthur Coelho e Anísio; Chico Costa, Liberato, Oscar Nova, Astério (do Jegue) e Tournillon
Obs.: O Botafogo conquistou a Taça Liga Bahiana.
Fontes: A Tarde (de fevereiro de 1919 e de 18-10-1935) e Boletim do Botafogo, n° 180, pág. 37, de novembro/1961, com foto do time, do arquivo de Rivadávia Corrêa Meyer

BOTAFOGO 3 x 2 SÃO CRISTÓVÃO
Data: 06/04/1919
Local: Rua Paysandu, Rio de Janeiro
Árbitro: Carlos Santos
Competição: Campeonato Carioca de 1918 (decisão do 2° lugar)
Gols: Moura (de pênalti) e Renato Vinhaes, no 1° tempo; Petiot, Luiz Menezes e Joppert, no 2° tempo
Botafogo: Cazuza, Monti e Osny; Pollice, Carlito Rocha e Pino; Celso, Petiot, Joppert, Luiz Menezes e Vadinho
São Cristóvão: Carnaval, Reynaldo e Moura; Castro, Luiz Vinhaes e Martins; Renato Vinhaes, Salema, Apparício, Heitor “Leão” e Iracy
Obs.: 1) Com esse resultado o Botafogo terminou em segundo lugar e conquistou a Taça Gargeol; 2) Segundo ‘O Paiz’, o segundo gol do São Cristóvão foi de Salema, no rebote da falta batida por Renato Vinhaes.
Fontes: Gazeta de Notícias, O Imparcial e O Paiz

BOTAFOGO 7 x 2 AMÉRICA (MG)
Data: 15/11/1919
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Árbitro: Mário Pollo
Competição: Amistoso (Taça Centro Mineiro)
Gols: Luiz Menezes, Gérson, Joppert e Petiot (1° tempo); Junqueira, Petiot, Moacyr, Petiot e Petiot (2° tempo)
Botafogo: Oliveira, Monti e Palamone; Franco, Mário Braga e Pollice; Moacyr, Petiot, Joppert, Luiz Menezes e Celso
América (MG): Lincoln, M. Penna e Toniquinho; Cainço, Octacílio e Dutte; Fausto, Brito, Gérson, Honório e Junqueira
Obs.: O Botafogo conquistou a Taça Centro Mineiro.
Fonte: O Paiz

BOTAFOGO 5 x 0 BYRON (RJ)
Data: 25/04/1920
Local: Rua Dr. March, Barreto, Niterói (RJ)
Competição: Amistoso (Troféu Alfredo Eubanck)
Gols: Petiot (2), Leite de Castro, Arlindo e Fernando Murtinho
Botafogo: Oliveira, Monti e Sylla; Baby Rodrigues, Alfredinho e Pollice; Leite de Castro, Petiot, Fernando Murtinho, Arlindo e Tuca.
Obs.: 1) Inauguração das arquibancadas; 2) Na preliminar, Ararigboya F.C. 3 x 1 Fluminense A.C.; 3) O Botafogo conquistou o Troféu Alfredo Eubanck.
Fontes: Boletim do Botafogo, n° 51, de outubro/1945, pág. 14, Gazeta de Notícias e Jornal do Brasil

Mais um gol (o terceiro) de Pollice pelo Botafogo:
BOTAFOGO 8 x 1 MANGUEIRA (RJ)
Data: 27/06/1920
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Árbitro: Henrique Vignal
Competição: Campeonato Carioca
Gols: Arlindo (3), Petiot (2), Joppert (2) e Pollice (Botafogo); Mazzeo II (Mangueira)
Botafogo: Oliveira, Monti e Sylla; Coló, Alfredinho e Pollice; Luiz Menezes, Petiot, Joppert, Arlindo e Vadinho
Mangueira: Milla, Fernando e Albertino; Mílton, Mazzeo I e Eurico; Mazzeo II, Motta, Eurico Mendes, Simas e Queiroz
Obs.: Alfredo Mazzeo e Salvador Mazzeo, atletas do S.C. Mangueira.
Fonte: O Paiz

Último jogo de Pollice pelo time principal do Botafogo:
BOTAFOGO 1 x 1 BRITÂNIA (PR)
Data: 10/12/1922
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Competição: Amistoso
Gol do Botafogo: Surica
Botafogo: Haroldo, Palamone e Nestor; Pollice, Alfredinho e Lagreca; Jolibel, Alkindar, Surica, Celso e Arlindo.
Fonte: O Futebol no Botafogo, de Alceu Mendes de Oliveira Castro

[Fonte para os dados pessoais: Sra. Ema Verônica Police Amádio, neta do ex-jogador.]

4 comentários:

  1. Olá, Claudio. Sensacional esse post, lembrando mais um ídolo quase esquecido de nossa história. A foto e as súmulas são espetaculares. Publique mais delas. Acho que esses arquivos guardados de nossa história devam ser compartilhados por seus donos. Só assim os mais novos poderão conhecer o brilhantismo de nosso clube. Grande abraço e parabéns pelo blog. Marcos Moura

    ResponderExcluir
  2. Olá, Marcos.
    De fato, o arquivo de súmulas do Pedro Varanda é uma preciosidade.
    E o recente contato com uma neta de Pollice possibitou o levantamento da nacionalidade dele e a consequente 'descoberta' de mais um jogador estrangeiro a ter atuado pelo Botafogo.
    Aguarde por novas 'biografias' e grato pelo incentivo.

    Saudações Botafoguenses Campeãs!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog!!
    sudações de Ema e família Pollice

    ResponderExcluir
  4. Grato à família Pollice pelos dados pessoais fornecidos para a construção do artigo, bem como pela referência elogiosa ao blog.
    Assim vocês nos ajudaram a manter viva a lembrança do ex-jogador Francisco Pollice.

    Saudações esportivas!

    ResponderExcluir