quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Botafogo versus Paulo Cézar Caju, na França

pesquisa de Claudio Falcão

Em fevereiro de 1975 o Botafogo fez uma breve excursão à África, iniciada a 16/02 por Dacar (Senegal), onde derrotou a equipe local do Gorée por 2 a 1, gols de Fischer e Dirceu, intercalada com uma passagem pela França, onde enfrentou a 18/02 um ‘combinado’ Paris St. Germain-Olympique de Marseille, sendo que por este último clube atuava Paulo Cézar Lima, o nosso ex-atleta Paulo Cézar Caju (foto abaixo), que voltaria a defender as cores alvinegras em 1977-1978. A excursão encerrou-se na Argélia, onde o Glorioso disputou duas partidas contra o selecionado nacional daquele país, empatando em 0 a 0 a primeira, sendo derrotado por 2 a 0 na segunda.


Mas vamos nos deter na partida disputada em território francês. Por aquela época atuavam pelo Olympique de Marseille dois campeões do mundo pelo Brasil (1970) e que defenderam por um bom tempo o nosso Botafogo, caso de Jairzinho e Paulo Cézar. O primeiro, por motivo de contusão, não enfrentou o Glorioso, mas o ‘Caju’ atuou contra nós naquela partida, que foi disputada no Estádio Olímpico de Colombes, nos arredores de Paris.

O Botafogo triunfou por 3 a 2, com dois gols assinalados por Fischer (‘El Lobo’) e um pelo capitão da equipe, José Luiz Carbone (foto abaixo).

O 'capitão' Carbone: Universal Photo - Paris

Segue a súmula desse jogo, que marcou o reencontro de Paulo Cézar com o Alvinegro da Estrela Solitária, embora em campos opostos.

BOTAFOGO 3 x 2 COMBINADO PARIS ST. GERMAIN-OLYMPIQUE DE MARSEILLE
Data: 18/02/1975
Local : Stade de Colombes (França)
Gols: Fischer (2) e Carbone, pelo Botafogo, todos no 1º tempo; M’Pele (2), pelo Combinado
Botafogo: Wendell, Miranda, Mauro Cruz, Osmar e Ademir Vicente; Carbone, Carlos Roberto e Marco Aurélio; Nílson Dias, Fischer e Dirceu. Técnico: Zagallo

[Fonte: Jornal do Brasil.]

8 comentários:

  1. Olá, Claudio. Ótimo post, que me deixou com uma dúvida. Teria Jairzinho enfrentado algumas vez o Botafogo? Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Marcos.
    Mais uma vez recorri ao grande pesquisador Pedro Varanda, em busca da informação solicitada.
    Ele me relatou que Jairzinho enfrentou o Botafogo em 1983, quando atuava pelo Tiradentes (DF), em partida relativa ao Torneio 23º Aniversário de Brasília. Placar: Botafogo 3 a 1, tendo o 'Furacão' assinalado o único gol da equipe brasiliense.

    Saudações Botafoguenses Campeãs!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Claudio. Obrigado a você e ao Pedro pela informação. Acredito que dos nossos grandes ídolos apenas o Nilton Santos nunca tenha nos enfrentado. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. Marcos, o Jairzinho poderia pelo menos não ter marcado um gol contra nós (rsrsrs).
    Veja que ele já se encontrava no finalzinho da carreira...

    Saudações Botafoguenses!

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde.

    Olá Cláudio e Marcos.

    Em 1977 Jairzinho enfrentou o Botafogo FR pelo Volta Redonda FC.

    BOTAFOGO 0 x 0 VOLTA REDONDA
    Data: 29 / 01 / 1977
    Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda
    Renda: Cr$ 138.730,00
    Público: 7.295
    Árbitro: Alcides Rocha
    Competição: Amistoso
    Botafogo: Wendell, Miranda, Osmar, Nílson Andrade e Jorge Luiz; Carbone, Mendonça (Marcos Aurélio) e Manfrini; Ademir Vicente, Ricardo (Dé) e Tiquinho. Técnico: Sebastião Leônidas
    Volta Redonda: Miguel, Mauro Cruz, Gilberto, Paulo César e Valdir; Paulão, Didinho e Eraldo (Flecha); Jairzinho (Botelho), Adílton e Paulo César Honório. Técnico: ?
    Obs: Essa foi à primeira partida de Jairzinho contra o BFR, a segunda foi em 23-04-1983, pelo Tiradentes-DF
    Fontes: BFR e JB (pesquisa de Pedro Varanda) e Revista Placar (pesquisa de Walter Íris)

    Saudações Alvinegras,
    Pedro Varanda

    ResponderExcluir
  6. Grato, Pedro, por enviar mais essa informação.

    Saudações Botafoguenses Campeãs!

    ResponderExcluir
  7. POR ONDE ANDA CARBONE, ALGUEM TEM UMA INFORMAÇÃO SOBRE ELE?

    ResponderExcluir
  8. Olá, companheiro do Itamarandiba Notícia.
    É do conhecimento geral que o Carbone tornou-se treinador de futebol, mas nos últimos tempos nada tenho lido/ouvido sobre ele.
    Posso lembrá-lo que o ex-jogador foi técnico do Glorioso em 1985-86...

    Saudações Botafoguenses Campeãs!

    ResponderExcluir