sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Torneios Internacionais disputados pelo Botafogo no Futebol

pesquisa de Pedro Varanda

Troféu de Paris: primeiro torneio
conquistado na Europa pelo Botafogo (1963)

ANO -- TORNEIO -- COLOCAÇÃO
1940 - Torneio Relâmpago (Taça Luiz Aranha) (Rio de Janeiro) - 3º lugar.
Obs.: O tempo de jogo desse torneio foi de 10 + 10 = 20 minutos.
1951 - Quadrangular de Santiago - 3º lugar.
1952 - Pequena Copa do Mundo (Caracas) - 2º lugar.
1953 - Copa Montevidéu - 2º lugar.
1953 - Quadrangular de Buenos Aires - 4º lugar.
1953 - Torneio Octogonal (Taça Rivadávia Corrêa Meyer), Rio de Janeiro - 5º lugar.
1956 - Torneio Pascoal Anversoja (Antuérpia) - 3º lugar.
1957 - Pequena Copa do Mundo (Caracas) - 2º lugar.
1957 - Quadrangular da Costa Rica - 2º lugar.
1958 - Pentagonal do México - 2º lugar.
1959 - Taça Teresa Herrera (La Coruña) - 2º lugar.
1960 - Torneio Internacional da Colômbia (Quadrangular de Bogotá) - campeão.
1961 - Triangular Internacional da Costa Rica - campeão.
1961 - Taça Naranja (Valencia) - 3º lugar.
1962 - Quadrangular de Santiago - 2º lugar.
1962 - Pentagonal do México - campeão.
1963 - Torneio de Florença - 3º lugar.
1963 - Torneio de Paris - campeão.
1963 - Taça Libertadores da América - 3º lugar, com 9 participantes.
1964 - Torneio Jubileu de Ouro da Associação de Futebol (La Paz) - campeão.
1964 - Quadrangular do Suriname - campeão.
1964 - Torneio Ibero-Americano (Quadrangular de Buenos Aires) - 1º lugar (*).
1966 - Taça Círculo de Periódicos Esportivos (Caracas) - campeão.
1966 - Taça Carranza de Buenos Aires - campeão.
1967 - Triangular de Caracas (Taça Círculo de Periódicos Esportivos) - campeão.
1968 - Hexagonal do México - campeão.
1970 - Pentagonal do México - 3º lugar (**).
1970 - Triangular de Caracas - campeão.
1971 - Pentagonal da Colômbia - 2º lugar.
1972 - Taça Ramón de Carranza (Cádiz) - 3º lugar.
1973 - Taça Libertadores da América - 4º lugar.
1978 - Torneio Juan Gamper (Barcelona) - 4º lugar.
1978 - Torneio de Milão - 4º lugar.
1979 - Torneio de Bilbao - 3º lugar.
1979 - Torneio Costa del Sol (Málaga) - 3º lugar.
1979 - Torneio (Taça) Cidade de Vigo - 3º lugar.
1980 - Torneio do Canadá - 3º lugar.
1982 - Quadrangular de Santiago - 4º lugar.
1983 - Copa Kirim (Japão) - 2º lugar.
1983 - Torneio de Paris - 3º lugar.
1984 - Torneio de Paris - 4º lugar.
1984 - Torneio de Genebra - campeão.
1985 - Torneio de Berna (Philips Cup) - campeão.
1985 - Torneio de Gröningen - 2º lugar.
1985 - Torneio Colombino (Huelva) - 3º lugar.
1986 - Pentagonal da Costa Rica - campeão.
1986 - Torneio de Amsterdã - 2º lugar.
1986 - Torneio de Charleroi - 2º lugar.
1986 - Taça Ramón de Carranza (Cádiz) - 3º lugar.
1988 - Taça Cidade de Palma de Mallorca - campeão.
1988 - Torneio (Taça) Cidade de Vigo - 2º lugar.
1989 - Torneio de Berna (Philips Cup) - 2º lugar.
1989 - Copa Cidade de Guadalajara - 6º lugar.
1990 - Torneio da Amizade, Veracruz (México) - campeão.
1993 - Copa CONMEBOL - campeão.
1994 - Recopa Sul-Americana - 2º lugar.
1994 - Triangular Eduardo Paes (Rio de Janeiro) - campeão.
1994 - Copa CONMEBOL - 12º lugar, com 16 participantes.
1996 - Supercopa/Campeões da CONMEBOL (Cuiabá) - 4º lugar.
1996 - Taça Libertadores da América - 14º lugar, com 21 participantes.
1996 - President of Alaniya Cup (Vladikavkaz) - campeão.
1996 - Taça Teresa Herrera (La Coruña) - campeão (com a camisa do Deportivo La Coruña).
1999 - Torneio Centenário do Rapid Viena - 3º lugar.
Obs.: O tempo de jogo desse torneio foi de 45 minutos.
2006 - Copa Sul-Americana - 22º lugar, com 34 participantes.
2007 - Copa Sul-Americana - 10º lugar, com 34 participantes.
2008 - Copa Peregrino (Rio de Janeiro) - campeão.
2008 - OBI Cup (Berna) - 3º lugar.
2008 - Copa Sul-Americana - 5º lugar, com 34 participantes.
2009 - Copa Sul-Americana - 8º lugar, com 31 participantes.

(*) Terminaram empatados Botafogo (Brasil-RJ), River Plate e Boca Juniors (ambos da Argentina), todos com 4 pontos ganhos. Não houve campeão. De acordo com o regulamento teria que haver um jogo de desempate, que nunca foi disputado. Fontes: Jornal dos Sports e O Globo.

(**) De acordo com o Jornal dos Sports, o Botafogo F.R. recebeu uma réplica do troféu do campeão, pelo 3º lugar empatado.

8 comentários:

  1. Boa tarde.

    JOGOS INTERNACIONAIS CONTRA ADVERSÁRIOS ESTRANGEIROS (1909 A 2010):
    Jogos – 497
    Vitórias – 279
    Empates – 98
    Derrotas – 120
    Gols Pró – 1.075
    Gols Contra – 640

    1° jogo – 12 / 09 / 1909 – 2 x 1 C. Amethyst (ING), Amistoso, na Rua Voluntários da Pátria.
    Botafogo: Álvaro Werneck, Raul Rodrigues e Dinorah; Rolando de Lamare, Lulú Rocha e Edgard Pullen; Millar, Flávio Ramos, Abelardo de Lamare, Gilbert Hime e Emmanuel Sodré. Gols do Botafogo: Flávio Ramos e Gilbert Hime.

    Último: 04 / 11 / 2009 – 1 x 3 Cerro Porteño (PAR), Copa Sul-Americana, Engenhão.
    Botafogo: Jefferson, Alessandro, Juninho, Diego Giaretta e Gabriel (Victor Simões); Fahel, Jônatas (Rodrigo Dantas), Renato (Jóbson) e Lúcio Flávio; Reinaldo e André Lima. Gol do Botafogo: André Lima. Obs: Alessandro foi expulso.

    Saudações Alvinegras

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, amigo, pelos dados agora fornecidos.

    Saudações Botafoguenses campeãs!

    ResponderExcluir
  3. BOTAFOGO CAMPEÃO MUNDIAL EM PARIS DE 1963 .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo ao leitor acessar a postagem específica sobre a conquista do Torneio de Paris de 1963: http://datafogo.blogspot.com.br/2010/11/em-1963-o-botafogo-conquistou-no.html
      E, como curiosidade, acesse também a postagem sobre o título do Hexagonal do México de 1968, onde o Alvinegro enfrentou e derrotou adversários mais categorizados do que em Paris: http://datafogo.blogspot.com.br/2011/02/em-1968-o-botafogo-conquistou-o.html

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir
  4. O Botafogo conquistou a Taça Brasil-Colômbia e recebeu o Troféu Brasil-Colômbia, em Atanásio Girardot, Medellín, no dia 31 de julho de 1954, vencendo o Atlético Nacional por 2x1.

    Para conquistar o Troféu Brasil-Colômbia, o Botafogo FR venceu três adversários na Colômbia:

    BOTAFOGO 4x1 INDEPENDIENTE MEDELLÍN
    » Gols: Garrincha, aos 20’, Quarentinha (de pênalti), aos 35’ e 67’ e Dino, aos 63’ (Botafogo); Marino, aos 59’ (Independiente)
    » Competição: Troféu Brasil-Colômbia
    » Data: 18.07.1954
    » Local: Atanásio Girardot, Medellín
    » Público: 22.000 pessoas
    » Árbitro: Mário Ruben Leyn
    » Botafogo: Gílson (Pianovisky), Richarde (Araty), Gérson e Orlando Maia; Ruarinho (Bob) e Juvenal; Garrincha (Mangaratiba), Dino, Carlyle, Quarentinha (Paulinho) e Neyvaldo. Técnico: Gentil Cardoso.
    » Independiente Medellín: Hernández, Ortiz e Caicedo; Benegas, Calonga e Pacheco (Lagarza); Delatour, Marino (Ângulo), Toja, Sacco e Larraz. Técnico: ?
    Fontes: A Noite, Boletim do BFR, El Tiempo (da Colômbia), Jornal dos Sports e O Globo.

    BOTAFOGO 2x0 MILLONARIOS
    » Gols: Dino, aos 29’ e Quarentinha, aos 37’
    » Competição: Troféu Brasil-Colômbia
    » Data: 2.07.1954
    » Local: El Campín, Bogotá
    » Público: 12.000 pessoas
    » Árbitro: Lires López
    » Botafogo: Gílson (Pianovisky), Araty (Orlando Maia), Gérson e Nílton Santos; Bob e Ruarinho (Richarde); Garrincha, Dino, Carlyle (Paulinho), Quarentinha e Neyvaldo (Mangaratiba). Técnico: Gentil Cardoso.
    » Millonarios: Cozzi, Martinez e Zuluaga; Castillo, Rossi e Castro; Contreras, Ávila (Zazzini) Solano Patino, Pedernera e Mosquera. Técnico: ?
    Fontes: Boletim do BFR, El Tiempo (da Colômbia), Jornal do Brasil e Jornal dos Sports.

    BOTAFOGO 2x1 ATLÉTICO NACIONAL
    » Gols: Quarentinha, aos 2’ e Garrincha, aos 75’ (Botafogo); Avalos, aos 88’ (Atlético Nacional)
    » Competição: Troféu Brasil-Colômbia
    » Data: 31.07.1954
    » Local: Atanásio Girardot, Medellín
    » Público: 25.000 pessoas (19.000 pagantes)
    » Renda: $ 35.000,00
    » Árbitro: Alfredo Cuezzo
    » Botafogo: Gílson, Araty (Richarde), Gérson (Orlando Maia) e Nílton Santos; Ruarinho e Bob; Garrincha (Mangaratiba), Dino, Carlyle, Quarentinha (Paulinho) e Neyvaldo. Técnico: Gentil Cardoso.
    » Atlético Nacional: Gabriel Mejía, Echeverri e Miotti; Calle, Gianastasio e Terra; Pepe (Mosquera), Zazini, Gambina, Alvarez e Avalos. Técnico: ?
    Fontes: Boletim do BFR, Correio da Manhã, El Tiempo (da Colômbia), Imprensa Popular e Jornal do Brasil.

    Classificação por pontos perdidos:
    .
    1º BOTAFOGO, 0 pp.
    2º Atlético Nacional, 2 pp. e Millonarios, 2 pp.
    4º Vasco da Gama, 4 pp. e Independiente Medellín, 4 pp.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado ao leitor por ter oportunamente enviado esta informação, bem como as súmulas correspondentes, justo no dia de novo confronto com o Atlético Nacional, desta vez pela Libertadores.

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir
  5. O Botafogo conquistou duas edições da Taça dos Campeões Estaduais Rio-São Paulo em 1910 e em 1930.

    A primeira versão esboçada para o Torneio Rio-São Paulo foi conquistada brilhantemente pelo Botafogo em 1910.

    Os Gloriosos campeões de 1910 conquistaram a Taça com uma soberba goleada de 7x2 sobre a A.A. Palmeiras, time bicampeão de São Paulo.

    Título de 1930

    Na 11ª edição da Taça dos Campeões Estaduais defrontaram-se o Botafogo, campeão carioca em 1930, e a formidável esquadra do Corinthians, tricampeão paulista.

    Os campeões cariocas de 1930 conquistaram a Taça com uma formidável goleada de 7x1 sobre o poderoso Corinthians.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, amigo, pela informação fornecida.
      Mas poderia me indicar, por gentileza, qual a fonte consultada, em relação à conquista de 1910?
      Sendo que a respeito da conquista de 1931 (referente a 1930), já fizemos uma postagem aqui no DataFogo.

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir